Ingredientes: Azedinha

Por em

Azedinha: Rumex acetosa L.

A primeira vez que me deparei com a azedinha foi lendo uma receita do chef Claude Troisgros. Só não tenho certeza se foi o salmão com azedinha ou alguma outra no livro do chef. Isso faz bastante tempo.

Até que um belo dia, indo em uma das feiras perto de casa não é que vislumbro alguns macinhos e na plaquinha está azedinha. Sempre na barraca de hortaliças diferentes. Nas bandas de cá, não é tão comum.

É de se imaginar o motivo do nome popular da planta. Seu gosto é… azedo. Tudo bem, não faz tanto jus assim. É mais ácido do que azedo puramente. Ao menos, foi o que achei. Para complicar ainda mais, é um mix de ácido de vinagre com o cítrico de limão. Um matinho simples, mas potente. Surpreendeu.

O nome garboso é Rumex acetosa L., em inglês é conhecida como sorrel (ou common sorrel). Há também uma outra planta com o mesmo nome popular, mas é de outro gênero (Oxalis acetosella L.) e se parece mais com um trevo. Confirmei algumas informações pela Neide Rigo com o post Encontrei por aí ou salada de mato.

Só não é recomendado ingerir grandes quantidades. O sabor é devido ao ácido oxálico e oxalatos (oxalato ácido de potássio). Esse combro de oxalatos é tóxico, para variar. Hahahah Como o velho ditado diz: a diferença entre o remédio e o veneno, é a quantidade.

Assim, seguindo a linha do Claude experimentei com peixe também e combina muito, muito bem. O contraste de sabor é uma ótima surpresa. Refogada é boa, mas preferi fresca. Fica bem melhor. Você já provou?

Azedinha

Compartilhe!

Dicas de Compras

Princípios de Bioquimica de Lehninger
Grande Livro dos Ingredientes
Mastering The Art of French Cooking, Volume One
Baked Elements: Our 10 Favorite Ingredients

Confira toda a ESTANTE!

7 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Sem Avatar Olga:

    Oi!
    Ah, não só experimentei, como passei a minha infância comendo uma sopa deliciosa q a minha mãe preparava com a azedinha. Nossa q ótimas lembranças…
    Se vc gostou mesmo do sabor, saiba q é fácil plantar…é só deixar o vaso na sombra.
    x

    1. @Olga: tenho carma com plantinhas, consigo matar todas! Quem sabe quando um dia tiver mais espaço, heheh

  2. Oi, Vitor.
    Foi no Claude mesmo que você leu. Era o prato que o pai dele criou, um Salmão com molho de azedinhas.
    Sou fã delas e as tenha plantadas aqui em casa. E como você, as prefiro em forma de salada.
    Agora, devo ficar preocupado? Qual é esta grande quantidade que não pode ser comida? :)
    Abs.

    1. @Edu: que é do Claude, isso é. Só não sei qual a receita dele, heheh Dei uma procurada, mas só repetiam a mesma informação. Não pode comer muito, hahahah Viver perigosamente!

  3. Sem Avatar Breno N.:

    Olá.
    Eu adoro azedinha. também prefiro fresca.
    Não entendi a sua afirmação “É mais ácido do que azedo puramente.”
    Para mim ácido e azedo, no contexto de sabor, são sinônimos.
    Breno

    1. @Breno: então, para mim, ácido é mais vinagre. Já azedo é o limão e maracujá, sabe? Descrever sabor é complicado, hahah

  4. Sério que é tóxica?! hahahahaha
    Adoramos azedinha em casa, comemos como salada também, e coloco limão ou vinagre por cima AINDA hahahahaha =p
    Tem alguma restrição de quantidade?!!!! o.O fiquei com medo agora hahaha

    beijãozão*

Trackbacks/Pingbacks

  1. @diegorhoger

    Azedinha http://t.co/N3m0NRcc via @pratofundo

Comentários fechados no momento. Caso queira, entre em contato.

«

»