Curitiba: Dicas de Onde Ir – Parte 1

Pensava que uma semana em Curitiba/PR seria suficiente para conhecer vários lugares, mas como me enganei redondamente. Considerando que fui para cidade a “trabalho” e não a passeio propriamente dito, até que consegui aproveitar bem.

Vamos as sugestões. Ah, vale lembrar que todas as indicações listadas aqui são espontâneas! Preciso explicar? :)

Confeitaria Mapy

Mapy

Não é bem em Curitiba, mas no caminho. Fica na BR-376 na região de Mauá da Serra, servem doces (tortas em geral, o forte é a de ricota), salgados e outras guloseimas. Posso estar falando besteira, mas tem um “Q” na comunidade alemã/austríaca. O apfelstrudel é bom e grande (olha o pensamento de gordo). Local é simples, bem familiar, mas eu gostei. :)

Lucca Café

Foi neste café que pude comer os tais Macaron! E como a gulodice fala mais alto, experimentei baunilha e framboesa. Porém, dizem que o de chocolate é o melhor. O que achei? Bem, é gostoso! Mas não entendi o frenesi feito em torno dele, ainda mais considerando o preço: r$3,50/un. Esses em questão são maiores que os tradicionais, comparando com outras fotos. Não chega a ser um Ispahans (macaron bem grande), acredito. Ah, nem sempre tem! Demos sorte! Quanto ao café espresso é bem tirado, considerando que esse é o foco da loja.

O local é bem bacana em si, entretanto, não gostei do atendimento. A maneira de abordagem dos atendentes é precária, sem falar na do caixa… “peraí que já te atendo” (insira ar de desdém como se fosse um favor enorme ele me cobrar).

Na loja que fui tinha uma livraria em anexo ao café, que além do usual, oferecia no catalogo art toy! Quase comprei, mas resisti bravamente.

Acabamos indo lá porque pedi! Meu cicerone e amigo na cidade, Alessandro Martins do Livros e Afins, já tinha ido lá com a sua digníssima e ainda tirou fotos dos macarons! Não poderia deixar a oportunidade escapar! :)

Lucca Café
Al. Presidente Taunay, 40
Batel, Curitiba, PR
Fone: (41) 3024-6950

Mercado Municipal de Curitiba

Mercado Municipal de Curitiba

Pensem num ser que passou mal, mas muito mal. Passar mal no sentido: posso levar tudo para casa? :D

Nem se compara com São Paulo no quesito tamanho, porém, sinceramente não perde em nada. Tem produtos diferentes que você só encontra ali, comes & bebes para todos os gostos e não fica só nisso. Praticamente tem uma célula da Liberdade (bairro oriental de São Paulo) e outras lojas dentro do Mercado! Ou seja, você leva dois pelo preço de um! :)

Trufa Negra Quanto aos hortifruti tem de tudo um pouco! As famosas berries (mirtilos, framboesa, amora…), flores comestíveis e muito mais.

O primeiro produto a chamar atenção foi: trufa negra. Nunca tinha visto ao vivo e a cores! A trufa negra é cara, muito cara, caríssima! Míseros r$180. Detalhe: ela é a mais barata, pois a branca é muito mais cara. Havia outro frasco, igual este da foto, abarrotado de trufa fatiada. Sabe quanto? Mais de r$300.

Outros produtos: flor de sal com trufa, azeite trufado, produtos da OXO, da Typhoon, Le Creuset, Bialetti, chocolates com teor de cacau.

O segundo foi Luwak Coffee! Não tem idéia do que seja? Explico. É o café mais caro do mundo! Isso, aquele mesmo que passa pelo sistema digestivo do bicho (Civeta) e sai… por onde você pensou. Recurso a falar aqui! hahahahah Nem me atrevi a perguntar quanto era. Acabei não anotando o nome da loja, uma pena.

Luwak Coffee

Loja da trufa: Empório Francisca, box 58, Fone: (41) 3079-5207

Mercado Municipal de Curitiba
Av. Sete de Setembro, 1865
Curitiba/PR
Fone: (41) 3363-3764

Como ficou grande o texto dividi em duas partes. Curitiba: Dicas de Onde Ir! – Parte 2.

Artigo por: Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Farmacêutico, Produtor Gastronômico e Comunicador de Ciência de Alimento. Uma combinação diferente, né? Vem saber mais…

Fez ou tem uma dúvida sobre a receita? Comente!

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

9 Comentários (Deixe o seu!)
  1. ola vitor ,hoje de manha segui sua sugestao de ir na loja da tramontina na av pres kennedy,realmente e uma belissima loja ,alias me gastar uma bala pois latem ate panela de mais de mil reais ,mas comprei uma mais baratinha so uns trezentos e pouc mas valeu,depois fui ate o shoppingonde fomos saborear aquele hanburger no madero realmente vale a pena ,pois pedimos de entrada um palmito assado com um sal frances que e divino e apos os hanburgueres pedimo um petit gateau recheado com doce de leite ,valeu um abraco,paulo dalul.

  2. Vítor,
    Ainda hoje estive no Mercado Municipal de Curitiba, porque lá encontro tudo que não acho em outros lugares.
    Aliás, gosto de vários docinhos japoneses e até comprei lá mesmo uma forma pra fazer dorayaki, que adoro!
    Legal essa divulgação.
    Bjs.

  3. @Conrado: considerando que você vivia dentro da concha, não me surpreendo! uahuehuehue

    @Izumi: você estava duvidando ainda? :O Mancadaaaaa! Sério?! Que bacana, não sabia! Até eue stou interessado nos quitutes do Divas, uahuahuaha

    @Tatiane: mas pode comentar sem medo, a gente não morde! :) Também não ouso, depois do valor da trufa. Acredito em qualquer coisa… heheheh

    @Ana Elisa: Brincou?!?!?! Por 17 euros e tu não comprou! Heresia! Vai ficar 2 meses sem chocolate, hahahah

    @Vianna: realmente, essa bomba faz sucesso! Todo mundo fala dela, hahahah

    @Dricka: não seja a ser o sex shop do Santa Luzia, mas dá para passar muito mal, heheheh

  4. Vitor pelo jeito o Mercado Municipal de Curitiba é uma mistura do nosso Mercadão, com o também nosso Empório Santa Luzia, né? Fusão tudo de bommm.

  5. Mercado Municipal é o melhor. E a Confeitaria das Família, não sei se você foi, mas é do mesmo estilo da Mapy. Bem familiar, assim. Com jeito de casa de vó. E o forte é a bomba de creme.

  6. Lugares legais, hein?! Ô, sabe o que dá mais raiva? Pensar que quando fui à Itália, vi um vidro de trufa negra IGUALZINHO ao da foto por 17 euros, e deixei lá, achando caro. Quando cheguei aqui e vi o mesmo vidrinho num empório por 200 pilas, quis morrer! : (
    Aaaah, tristeza… Trufa negra é tãaaaaaaaaaao gostoso…

  7. Olá, leio seu blog há bastante tempo, só agora deu “coragem” de comentar, rs. Fiz sua receita de sorvete de limão, e ficou muito, muito boa! Obrigada!
    Fiquei curiosa pelo preço do café “digerido”, nem ouso chutar um valor. Outro dia vi o Ferran Adriá falando que não existe comida estranha, e sim pessoas estranhas… bem, o café não apetece.

  8. Aeee…finalmente matou a minha curiosidade sobre o café bichado, digo fétido, digo… c****o. Como vc pediu gentilmente “sem palavras feias” em seu seus comentários, vou me comportar como uma boa lady…rsss
    Mas me pergunta de quem é o grão do Hoo café? De quem? De quem? É fornecimento do Kassai Café, daqueeeles meus amigos , onde ministrei curso. Aliás, o dono do Hoo ficou interessado em meu curso, pois chegou a degustar os chocolates feitos por uma de minhas alunas e gostou bastante!!:-D
    Adorei as boas dicas de ctba! Da proxima vez que for pra lá, esse mercadão nao me escapa!
    bjoos

  9. E eu de Curitiba nunca fui em nenhum desses, a não ser no Mercado Municipal XD