Passeio na Liberdade

Já fui outras vezes na Liberdade, mas sempre é uma descoberta e uma alegria ir neste bairro. Nem falo isso por ele ser o centro oriental do país, mesmo eu sendo descendente. Lá é tão legal, tantas lojinhas, produtos aleatórios que você nem sabe para que serve, mas quer comprar. Além de outros que é melhor nem perguntar do que é feito, hahah.

Nesta ida tive o prazer de conhecer ao vivo e a cores uma pessoa que já achava bacana, agora então! Nada menos que a Chef Nina do Gourmandise, o Marcel não pode ir. Ela deve ter me xingado horrores, pois eu cheguei 15 minutos atrasado… sabe como é peguei o metrô errado (leia-se: a estação não era onde eu pensava, mas abafa o caso). Uma outra amiga minha também foi junto e o meu amigo químico deu bolo, =p. Tudo bem, assim ficamos todos da corônia (colônia, leia-se: todos descendente de japoneses).

Conversamos bastante sobre tudo! Comida (lógico), sobre os produtos da lojas, o que faz a gente “passar mal” (no sentido de querer comprar tudo), sobre blogs, as últimas bolachas do pacote e tralalalá. O tempo passou tão rápido.. =( Sem contar que fiquei me sentido uma porta, no bom sentido, Nina sabe muito sobre comida! =D Ajudou-me na escolha do que comprar, yay!

Passeio na Liberdade
Comprei pouca coisa mesmo, por dois motivos: 1) muita coisa precisava de refrigeração; 2) não saberia onde por na mala que veio lotada por causa de Londrina. Da próxima vez, farei a muambagem!

Comprei as colheres chinesas (sei lá o nome certo) de prástico melamina bem mais barato do que as de porcelana. Teve o suco de uva verde coreano e o drink com Aloe vera que tem o mesmo gosto do suco de uva verde. Pimenta chinesa defumada, matcha em pó e a folha de arroz que eu muito esqueci de tirar foto (sugestões da Nina).

Para abastecer, o café da manhã foi na Itikiri Bakery. Tá, não é o lugar mais barato do mundo, mas é legal do mesmo jeito. Não tinha o suco de pobá de frutas… estava em falta (!!!). Mas.. que que é aquele canudo?!?! E as bolinhas são aleatórias, e chegamos a conclusão que é sagu, aliás, um saguzão. O folhado de pão de queijo é ótimo e o Ichigo Daifuku (morango envolto com doce de feijão e massa de arroz) é uma delícia, o azedo do morango quebra a doçura do feijão. Não comi dessa vez o muffin de chocolate, mas ainda recomendo-o é ótimo. Ah, peguei o Melon Bread… mas não tem gosto de melão… =/

Tenho outro vício agora: quero MUITO sorvete Melona na minha vida sempre! Sorvete de melão radioativo com gosto de balinha de melão japonesa. Eu quero =3 Em praticamente toda lojinha tem, então, você sempre acha!

Ir com quem sabe é outra coisa, numa lojinha chinesa em frente a praça tem uma infinidade de produtos que é melhor não perguntar do que é feito e… pasmem: tem o ovo de mil anos! =O Nunca pensei que pudesse ver um ao vivo e a cores. Se eu não tivesse aula poderia ter provado… ou não!

Resumindo tudo, o passeio foi pra lá de proveitoso! Em companhia de gente legal, bacana e super legal não podia ser diferente. Nina, obrigado mesmo por ter ido e desculpa qualquer coisa (fiz o povo levantar cedo, marcamos 8h)! Gostei muito ter conhecido você no mundo real também. Da próxima vez (vai ter, né?) arrasta o Marcel também! :D

Abaixo do corte segue as recomendações de onde ir e os endereços.

Cuidado que algumas lojas só abrem depois da 9h. No final existe um mapa de localização via Google Maps dos locais aqui listado.

Como chegar

A maneira mais fácil e econômica é pegar o metrô e descer na estação Liberdade fica na Praça da Liberdade, 133. Saída fica entre a Rua Galvão Bueno e a Rua dos Estudantes.

Itiriki Bakery

Rua dos Estudantes, 24 – Fone: 3277-4939 – Horário: a partir das 9h da manhã
É a panificadora mais conhecida da região, por isso abusa um pouco nos preços e gera sentimentos extremos. Gostam ou odeiam, não há meio termo. Eu gosto, particularmente, o ambiente é bacana e os produtos também. Normalmente fica bem cheio.

Tenman-Ya Presentes

Rua dos Estudantes, 19
Loja de utilidades domésticas orientais, tem de tudo! Dá vontade de levar tudo para casa.

Marukai

Rua Galvão Bueno, 34 – Fone: 3341-3350 – Horário: 8h às 20h
O mercadinho com uma variedade enorme de produtos orientais. Lá que comprei minhas cosinhas.

Sogo Plaza Shopping

Rua Galvão Bueno, 40
Repleto de lojinhas com os mais variados produtos orientais: roupas, acessórios e afins.

Casa Bueno

Rua Galvão Bueno, 48 – Fone: 3277-8901
Trabalha na mesma linha que o Marukai, quando lá estiver cheio vai nesse ou vice-versa.

Alameda da Peixaria

Rua Galvão Bueno, 364
São varias lojas, com revistas orientais, comida, tem uma “adega” de sake, e no fundo uma peixaria. Esse nome “alameda” eu que coloquei, não sei o nome.. só o endereço.

Aska (Asuka) Lamen

Rua Galvão Bueno, 466
Restaurante de serve RAMEN! É ótimo, =) Mas no estilo come e vai embora.

Livraria Fonomag

Rua da Glória, 242
É descendo a Rua dos Estudantes, fica quase de esquina. Para quem gosta de mangás originais é o paraíso.

Loja do Ovo de Mil Anos

Não sei o nome, nem o endereço. Mas é na frente da Praça. Fica perto de uma livraria (não é a Fonomag)


Exibir mapa ampliado

Artigo por: Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Farmacêutico, Produtor Gastronômico e Comunicador de Ciência de Alimento. Uma combinação diferente, né? Vem saber mais…

Fez ou tem uma dúvida sobre a receita? Comente!

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

21 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Obrigada pelas dicas. Vou lá hoje.

  2. Achei o post da Liba! Mais um fã do Melona!!! Que pena que não tinha pobá… e eu tinha ido lá no domingo, antes de começar o Campus Party. Estava com uma amiga de Salvador que queria conhecer a Liberdade, mas ela detestou o suco… e olha aqui uma foto que tirei em Hong Kong de uma casa de sucos com os canudos gigantes: http://www.flickr.com/photos/claudia_midori/1368409743/in/set-72157601977273132/

  3. Olá Vinicius,

    Agradeço a visita e o comentário! Opa, fico contente em saber que o mini-guia para a Liba te ajudou, espero que tenha gostado do passeio. :D

  4. Olá! Fui pra liberdade Hoje,esse guia me ajudou muito mesmo,vlw ,esta de parabens!
    Vlw msm
    outro lugar,adorei,1 vez,e sem me perde por la
    otimo!

  5. Oi Ana,

    Agradeço a visita e o comentário! =D Shitake… minha experiência com eles foi com os frescos, não ficaram tão legais assim… ficaram borrachudos, hehehe. Eu ia comprar mais coisas, mas não pude por falta de espaço…quem sabe na próxima! =D

  6. Hugo,
    realmente o molho de ostras faz a diferença, inda mais quando vc tempera o shitake/shimeje para servir em papilote!!!!!!!!!! deu água na boca. Passear nos supermercados da rua da gloria, o Makurai e o vizinho é bem legal. Na r.dos estudantes tambem tem lojas onde compra-se os conj.de melamina, tem de garimpar, isso fez lembrar um fim de ano que comprei as cumbucas para servir a lentilha, são baratas então comprei de duzia. Realmente são lugares para passar muito mauuuuuuuuuu, ficamos igual crianças querendo tudo e não podendo comprar muito……….. é ruimmmmmmmmmm heinnnnnnnnnnn. bjks. Ana Maria

  7. @Nina: deixa de modéstia! :D Foi uma sorte danada ter coincidido, gostei muito do mini encontro! =D

    @Sonia: nunca provei o molho de ostra, aqui onde moro é meio caro os produtos orientais. Então, quando viajo e consigo comprar trago esses produtos, heheheh. Quando fui nas duas cidades, não tinha tanta coisa ainda por causa do centenário… =/

  8. Oiêeee, gostei de estar aqui…Queria te perguntar se já teve oportunidade de saborear o Molho de Ostras? Essa iguaria japonesa quando usada nas carnes e peixes faz a diferença…Apesar de estar morando no nordeste amo minha São Paulo e particularmente a Liberdade que por sinal está em festa, tenho certeza Londrina tb, pelas comemorações do Centenario da Imigração japonesa!!!!
    Até a ´próxima….

  9. Xiii, não sei quase nada de nada….rsrs
    Só sei que te ajudei a gastar dinheiro!
    Que bom que coincidiu com uma folga minha! Na próxima acho que o Marcel irá junto.
    bjos.

  10. @Laila: quem sabe na próxima vez, não? =D

    @Laurinha: melona é tuuudo de bão!

    @Dani: opa, valeu! =D

    @Dadivosa: o suco é muito bom, sempre que acho compro, heheheh Eu também não, mas só tome cuidado com o ovo na hora de abrir… é forte!

    @Anna: uhauahuaha bom, dependendo de qual pão e como o pêlo era pode ser a cerda do pincel de confeitaria. Ou não, XD

    @Michel: nem me fale isso, tinha tanta coisa para fazer! waaaa

    @Leila: quando vier pro Brasil não deixe de passar na Liba, para conhecer ao menos vale muito a pena!

    @Marizé: foi tudo isso e muito mais! =D

    @Eliana: a Nina também queria, mas ela não podia. Melona é bãoo e eu quero mais! hehehe

    @Goreti: é para morar em SP eu ia ficar muito bravo.. é tudo muito longe, uehueheuh Estou acostumado com: oh, estou “atrasado” falta 15 minutos, e mesmo assim chega na hora. Ah, também espero! Conhecer o povo da rede é tão divertido! =)

    @Fer: o jogo eu não vi, se bem que só tinha olhos para as colheres! =D Liba sempre tem algum lugarzinho escondido para se conhecer

  11. DE novo olha eu com saudade..quando fui também comprei um jogo todo de melanina com a estampa daquela colher bege com folhinhas que vc comprou…amo este conjunto e é perfeito, parece louça mesmo…mas ir com quem conhece realmente é outra coisa…não conheci muitos destes lugares…vou ter que voltar…hehe

  12. São Paulo é show…para morar não faz o meu estilo…agora pra bater perna…ai meu Deus, é tudo de bom!!!

    A Liberdade é uma perdição, cada lojinha, mercadinhos ..afe…Fiquei muito feliz por vc, na sua próxima ida a Sampa acho que a turpe vai aumentar…espero estar nela…

    Beijos!!!!

  13. TAmbém quero conhecer a Nina. Eu te falei né, também amo o tal picolé. hehehehe Que delícia de passeio!

  14. Imagino como terá sido fantástico, o passeio, as compras, as delicias mas principalmente conhecer a Nina!
    Beijocas

  15. Oi Hugo,

    Pelo visto voce realmente teve um excelente passeio pela liberdade. Legal conhecer amigos blogueiros ne? eu nao conheco nenhum…sniff, sniff!!!

    Sorvete de melao eu nunca comi e tambem nunca fui na liberdade.

    beijinhos e maos a obra ne? quero mais delicia!!! heheheh

  16. Eu nunca mais comi na Itiriki depois que encontrei um fio de pêlo (não era cabelo) suspeito no meu pão…
    Fiquei com muito nojo =/

  17. Vc. só conheceu 5% de gastronomia em Sampa.
    É necessário umas 27 viagens para tal ou na melhor das hipóteses muda-se para cá.

  18. Compro esse suco de uva verde às caixas, é mesmo uma delícia! Não sabia que lá tinha o tal do ovo, vou procurar da próxima vez :)
    Valeu pela dica!!!

  19. Sorvete Melona é bom demais!!!
    Beijinhos

  20. curti o blog

  21. ai q dleicia d easseio1 adorei! gostaria de ter ido…a Lica já anunciou sua volta a sp…avisa q eu me programo pra comparecer1 bjs