Melhor Bolo do Mundo da Noruega

Ah, o tempo passa, o tempo voa. Não, não parece que foi ontem. Mas há 7 anos atrás neste mesmo mês de abril, o PratoFundo nascia. Tivemos altos e baixos, muita coisa aconteceu nesse meio tempo. Tantas conquistas e algumas desavenças, mas no final o salto é mais do que positivo, não? :)

Melhor Bolo do Mundo da Noruega

Difícil colocar em palavras tudo… ao menos temos uma memória preservada através da comida, o que não poderia ser diferente: cozinhar é necessário, comer mais ainda.

No fantástico muito eu adoraria viver (leia-se comer, comer e comer sem ter problemas de saúe depois), aniversários precisam ter bolo. Mesmo que seja para uma entidade virtual que, muitas vezes, é tão real quanto nós. Você e eu. E para vocês, fica aqui o meu agradecemos a preferência nessa jornada!

Chega disso e vamos para o que interessa: fica, tem bolo!

Melhor Bolo do Mundo da Noruega

Estava com dúvidas do que fazer para ser sincero. Olho livros, nada. Tastespotting, rien. Pinterest, nothing. Até chegar a dica da Carmen Correira (a presidente da Chef Network Inc, a agência de chefs!) quando compartilhou a entrevista do autor Paul Sweets tendo a minha salvação.

Uma receita para o Melhor Bolo do Mundo (segundo os noruegueses). Ok, geralmente, é chamado de verdens beste, Kvaefjord kake. Mas também tem o título Norway’s National Cake (Bolo Nacional da Noruega). Alguns anos atrás uma emissora realizou um concurso para eleger o prato para comemorar, especialmente, a Independência da Noruega e a primeira constituição. O país foi domínio dinamarquês e sueco.

Não tem como ficar ruim, sério. Vai manteiga, merengue-suspiro, chantilly de baunilha e amêndoas. Não tem como.

É um bolo bem simples, na realidade. Quase um pound cake pelos ingredientes, mas o modo de montar faz toda a diferença. É um daqueles casos que cada camada é importante. Numa mesma mordida temos maciez, untuosidade, crocância e dulçor. É para morar no coração.

Diferente de como fiz, recomendo não fazer em fôrma redonda. Faça numa retangular mesmo, 30x20cm. Redondas demoram mais para assar e a montagem fica mais delicada.

Não é, com toda certeza da galáxia, o bolo mais bonito. Mas é um dos mais gostosos e equilibrados.

Melhor Bolo do Mundo da Noruega
Gif para se inscrever no canal do PratoFundo no Youtube

Melhor Bolo do Mundo da Noruega

Pré-preparo: 25 min
Tempo de cozimento: 40 min
Total: 1 h 5 min
Rend.: 1 bolo de 02 andares
Autor: Vitor Hugo

Ingredientes

  • 145 g manteiga sem sal
  • 135 g açúcar cristal (#1)
  • 200 g açúcar cristal (#2)
  • 190 g farinha de trigo
  • 5 ovos (gema e clara separadas)
  • 85 mL leite desnatado
  • 6 g fermento químico em pó
  • 40 g amêndoas laminadas
  • 150 g creme de leite fresco/pasteurizado (49% gordura)
  • 1/2 fava de baunilha
  • 5 mL extrato de baunilha (Opcional; ou 1-2mL essência)

Modo de Preparo

  • Aqueça o forno em 170-180ºC. Untar e forrar com papel manteiga uma fôrma de 20x30cm, unte o papel também. Se quiser usar redondas, usei duas de 15 centímetros de diâmetro de fundo falso.
  • Separar as gemas e claras.
  • Misture farinha de trigo e fermento químico em pó, reserve.
  • Misture leite, gemas e extrato de baunilha (se usar), reserve.
  • Numa tigela bem limpa (sem traços de gordura), junte as claras. Começar a bater para virar claras em neve (batedor arame/balão), quando estiver espumando acrescentar o açúcar cristal (#1) aos poucos. Continue batendo até formar o merengue com picos firmes. Reserve.
  • Na tigela limpa junte manteiga e açúcar cristal (#2), bater até ficar bem cremoso e amarelo pálido, cerca de 3-5 minutos.
  • Adicionar os secos e a mistura de gemas alternadamente, batendo a cada adição apenas o necessário para deixar uniforme. Até acabar os dois e deixar bater para ficar bem misturado.
  • Transfira a massa de gemas sobre a fôrma preparada, é uma massa densa/viscosa. Alise o máximo que puder.
  • Sobre a camada de massa de gemas distribua o merengue de modo uniforme. Se a a fôrma tiver laterais baixas, cuidado que o merengue irá crescer. Dependendo do tamanho, irá sobrar um pouco de merengue.
  • Polvilhe as amêndoas laminadas sobre o merengue.
  • Assar em forno aquecido por cerca de 35-40 minutos. Porém, é bom ficar de olho por causa do merengue e das amêndoas. Se assar em forma redonda, após os 35 minutos, diminua a temperatura de continue assando por mais 20-25 minutos. Para testar, espete com uma faca longa, mas não deve sair massa crua.
  • Retire do forno e transfira para uma grade. Se o merengue cresceu demais para fora da fôrma, ajeite agora quando está quente. Após 15-20 minutos, com cuidado desenforme o bolo. Deixar esfriar completamente antes de continuar.
  • Bater o creme de leite com as raspas da fava de baunilha até ponto de chantilly picos moles.
  • Se usou fôrma retangular, corte o bolo ao meio (sentido da largura, formando duas partes de ~20x15cm). Distribua o chantilly sobre uma das metades, a outra coloque sobre o chantilly. Se usou redonda, mesmo processo, porém não precisa cortar apenas colocar o chantilly e por cima o outro bolo. Não esqueça de remover o papel manteiga.
  • Deixar descansar por 1h na geladeira antes de servir.

Você fez a receita?Marca @PratoFundo ou tag #pratofundo no Instagram!
Melhor Bolo do Mundo da Noruega

Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Cientista e Cozinheiro que juntou duas paixões Ciência e Comida: a melhor combinação que existe! Diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

7 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Me parece fantástica, vou experimentar em meu aniversário!

  2. Oi Vitor Hugo!! Parabéns!! Eu simplesmente “devoro” tudo que vc posta a alguns anos e adoro as receitas que vc posta, as fotos, o seu making of e adaptações aos nossos ingredientes; são confiáveis e dão muito certo! Fiquei com uma dúvida… o merengue qdo sai do forno não murcha? Não acerto o ponto disso, parece tão fácil mas é aí que eu costumo errar…

    1. É normal murchar mais no meio, principalmente se for grande. Dá uma afundada mesmo.

  3. Parabéns pelo aniversário! Que continue por muitos mais anos!
    E o bolo é lindo!
    Helena Cooking

  4. Juro que achei lindo e quero fazer!!!! =D

  5. Parabéns pelos 7 anos! Muitos outros virão, com certeza!

    Tenho uma dúvida, na etapa 11, no finalzinho diz que quando espetar a massa deve sair crua…han?

    1. Oooops, faltou um não. Não deve sair crua, heheheh