Scones de Mirtilo & Chocolate Branco

Última atualização: 13 de setembro de 2012

Por em

Scones de Mirtilo & Chocolate Branco

Pessoal está afiado, hein? Descobriram qual era a fruta facilmente! :O Quer dizer quase. E não, não tem prêmio não, hahahah. Aquelas “bolinhas” secas extremamente roxas-azuis são quase mirtilos-passa. E por muito pouco não foram comidos sozinhos.

Não me perguntem o porquê, mas um belo dia da semana passada fiquei com vontade de comer scones. O grande porém disso tudo é: nunca havia feito e nem comido tal. Faltava só o “recheio” do dito. Não tive dúvidas em usar o pacote de mirtilos-passa que recebi da Lily (Karaimame) lá da longínqua Finlândia. Leitora assídua do blog (e twittera) que virou minha miguxona (hahahahahah), tudo bem que a gente começou com o pé esquerdo, mas isso não vem ao caso.

Scones é uma receita de origem escocesa, e claro, bem difundido no Reino Unido. Mas é consumido em outros países também, como Canadá. Ele é classificado como um quickbread, um pão rápido que usa reagente químico para crescer. Traduzindo: ao invés de ir fermento biológico, é usado fermento químico ou bicarbonato de sódio, por exemplo.

Scones de Mirtilo & Chocolate Branco

Por mais que ele seja referenciado como “pão”, os meus ficaram mais parecidos com biscoitos. A textura, macia e quebradiça. Mas é realmente muito rápido para fazer! Se bobear e quiser, se consegue fazer para o café da manhã.

O “recheio/sabor” é vasto, a massa base é bem neutra, aceitando praticamente tudo. A receitas mais clássicas usam groselhas, uvas ou mirtilos passa. Além, é claro, das versões salgadas feitas com queijo. Mas a sua imaginação e vontade são o limite… ou não!

E são servidos ligeiramente quentes (leia-se mornos) com manteiga e geléias sortidas. Falando em geléia e do mirtilo-passa… lembra que comentei que mordi a língua? Então… pois é. Mudei de ideia quanto ao mirtilo. :x

*chuva de pedras*

Mas só o finlandês, da espécie Vaccinium myrtillus que na verdade é uma Bilberry, parente do Blueberry americano (gênero Vaccinium na seção Cyanococcus). hahahahah Como é diferente! Mesmo a fruta estando seca tem um sabor bem diferente, aliás, agora tem sabor! Digo o mesmo da geléia (que também ganhei), possui um sourness (acidez, diria) diferente. Mas ao mesmo tempo é doce. É algo totalmente distinto do encontrado no Brasil.

Agora faz sentido toda a euforia do pessoal gringo com o mirtilo, caso tenham o sabor que pude experimentar. Só tem um detalhe chato: mirtilo-passa já acabou e a geléia está quase! Muita maldade sua, dona Karaimame! :P Tinha que vir de tão longe? hahahahahah

Scones de Mirtilo & Chocolate Branco

Rendimento: 6-8 scones (depende do tamanho)

Ingredientes

  • 250g de farinha de trigo (+ um pouco para polvilhar)
  • 60g de manteiga gelada cortada em cubos
  • 3 colheres (sopa) de açúcar cristal
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • 100mL de leite (temperatura ambiente)
  • 1 ovo (temperatura ambiente)

Sugestão de recheio

  • 50g de mirtilos-passa
  • 50g de chocolate branco picado

Modo: pré-aqueça o forno em 180ºC, unte (óleo ou manteiga) e polvilhe com farinha de trigo uma assadeira (se for grande, uma é suficiente).

Numa tigela junte a farinha de trigo, sal, fermento em pó e o açúcar. Misture bem. Adicione a manteiga cortada em cubos, com as ponta dos dedos (blender dough ou processador) misture até obter migalhas das mistura de manteiga com os secos.

Coloque o “recheio/sabor” desejado, no caso, mirtilos e chocolate branco. Misture para distribuir bem.

Misture o leite e o ovo, bata bem com um garfo. Vá colocando os poucos sobre as migalhas. Não será utilizado todo o líquido (irá sobrar por volta de 1/4 de xícara). A massa não deve ficar mole e nem pegajosa demais que não seja possível modelar.

Scones de Mirtilo & Chocolate Branco

Sobre uma superfície enfarinhada, abra a massa com 1,5cm de espessura. Corte com cortador circular de 6cm de diâmetro ou abra a massa em formato circular e fatie-a em triângulos, como se fosse uma pizza.

Distribua sobre a assadeira preparada, deixando uns 2cm de espaço entre eles. Com a mistura de leite e ovo batido, pincele os scones e, por fim, salpique açúcar cristal. Asse por 20 minutos (média) ou até ficarem dourados. Fique de olho na base deles.

Sirva morno acompanhado de manteiga e geléias.

Scones de Mirtilo & Chocolate Branco

Compre pelos links abaixo. O valor não muda e você ajuda o PratoFundo:
SubmarinoWalmartShoptimeExtraAmericanasPontoFrioSaraivaLivraria CulturaFnacSephora

Confira outras ofertas e promoções na XEPA!

Após 600 dias os comentários são fechados automaticamente. Qualquer coisa, entre em contato.

11 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Então tá explicado porque acho o mirtilo congelado daqui tão sem graça e todo mundo fazendo muffins e “afins” com o chique “blueberry”. E este que vem da Finlândia! Que coisa…remota para mim!rsrs
    bjs

  2. Que lindos os seus scones, Vitor! Amei as berries secas – tenho cranberries e cerejas secas em casa, mas as blueberries/bilberries ainda não provei sequinhas, só em geléia. Aliás, comi tanta geléia de berry em Berlim (lingonberry e mais umas outras cujos nomes não me recordo agora) que viciei de vez.

  3. Sem Avatar Karaimame:

    Aê miguxao X)! Os scones ficaram lindos!! Vou TER que experimentar :).
    Pois é.. esqueci de dizer que os mirtilos eram bilberries ( aqui tudo é “mustikka” entao..). Desses mirtiloes (tipo os americanos), o pessoal aqui chama de mustikka de jardim (porque dá para plantar os arbustos no quintal). No final de julho o povo vai colher os bilberries no mato (haja maozinhas e boquinhas roxas e azuis :).
    Maldade é!!! Tá bom.. vai ter que esperar o aniversário do ano que vem! Ahaahah, aí é maldade!
    beijo, adorei o post.

  4. Bom, eu quase nunca comento(really?) Então, é que sconnes é algo que eu como desde que eu nasci, por que minha avó faz. Os que eu como são de nada, pois não possuem recheio. É só a massinha neutra, mesmo. E é MUITO fácil e rápido de fazer mesmo! Nunca comi com recheio, nem doce nem salgado.

    Ahn, foi o comentário mais aleatório e sem sentido do mundo – fikdik

  5. Sem Avatar Cris:

    Hum adoro scones, com chá e este friozinho seria ideal, estou até imaginando uma xícara com chá fumegante aqui… Você já provou o blueberry fresco? O americano é muito bom. Bjs

  6. Sem Avatar Adriana:

    Menino! Sabe que tb não gosto da variedade que vendem aqui na Austrália? Vai ver é a mesma que dá a aí no Brasil… Acho muito amarga, diferente das passas importadas que vendem aqui! Mas as que eu compro são dos EUA, provavelmente as suas são melhores! :D
    Logo que encontrar de novo vou tentar sua receita. Tb vendem muito Cranberry passa, que são bem gostosas… deve ficar bom, né? Hum… vou tentar!
    Por aqui vedem muito scones plain mesmo, doce ou salgado, daí vem geléia ou molho junto. Mas gosto mais da idéia do recheio!
    Beijo!

  7. Como sempre, arrasou nas fotos e na explicação científica, Vitor!!! Sim, eu voltei! Como diria Bob Charles (mais conhecido como Roberto Carlos), eu voltei, agora pra ficar…
    E o que significa aquele seu Media Kit??? A-R-R-A-S-O-U! Quando eu crescer, quero ter um igualzinho… :oP
    Beijão!

  8. Oi Vitor,

    Faz um tempo que acompanho o prato fundo, na verdade, acho que é a primeira vez que venho aqui depois de formada. Sei lá se isso significa alguma coisa, mas se fosse comigo, acho que eu gostaria de saber. Eu vi seu site pela primeira vez quando precisei fazer pães de queijo para minha primeira festa na Australia. E foi um sucesso… enfim, desde então, muita coisa aconteceu: eu aprendi a atravessar a rua do contrário, formei no Cordon Bleu, onde ainda estudo gerência, fiz pão de queijo umas dez vezes desde então, e batches e mais batches de scones! Eu conto mais sobre essas coisas no blog, check it out se puder, acho que é no mínimo vc vai rir das minhas trapalhadas cozinhando em inglês… Enfim, seu site foi uma inspiração para mim! Nos momentos em que eu achei que tivesse perdido a paixão lembrava de quem fazia isso por diversão e a paixão voltava! E cozinhar tem que ser isso, divertimento apaixonante ou vice-versa…Ah… se vc for assá-los de novo, e não sei se vc chegou a fazer isso pq não diz, tente aumentar a espessura do scone em meio a 1cm e descansar a massa pelo menos 25 minutos antes de assar para relaxar o gluten. Outra coisa que funciona bem é substituir 1/2 leite por butter milk ou creme fresco. Experimente e me diga como ficou.
    Att
    Cynthia

  9. nao sabia que existiam mirtilos secos… é dificil encontrar a fruta natural no brasil? teus scones estao com uma cara maravilhosa!
    beijos

  10. Sem Avatar Silvia Pamplona:

    Fantastico !!
    Além de deliciosos é chiquérrimo …
    Sou fã de scones …
    Parabéns!
    Silvia

Trackbacks/Pingbacks

  1. Korvapuusti: Tapa na Orelha Finlandês (Pão de Canela) — Prato Fundo

    […] prato foi sugestão da Lily (a mesma do outro artigo) que mora no país em questão. A receita, na verdade, são duas: Pulla (massa básica aromatizada […]

«

»