Futuro Burger (Hambúrguer Vegetal): ideia que precisa de refinamentos

Chega ao Brasil o Futuro Burger: o Hambúrguer 100% vegetal vegano. No exterior, produtos desse tipo já são mais conhecidos e bem sucedidos. Será que esta versão nacional vai conseguir fazer o mesmo? Vem cá que eu te conto tudo!

embalagem do Futuro Burger

Em meados de maio de 2019 chegou ao mercado nacional a novidade, o tal Futuro Burger: “hambúrguer” feito de plantas, ou seja, sem proteína animal. Algo que lá na gringa é relativamente comum, produtos similares existem há pelo menos 10 anos.

Eu sei que carne vegetal não é, necessariamente, algo novo. Quem nunca viu proteína de soja texturizada (PTS) ou bife de glúten (seitan), não é mesmo?

Os dois principais pontos desses produtos altamente tecnológicos é o fato de buscarem uma textura e sabor mais próximos ao da carne mesmo. E novamente, quem já comeu PTS sabe que ela está bem longe disso.

Bandeja com dois hambúrgueres do Futuro

Nos Estados Unidos, existem duas marcas principais a Beyond Meat e Impossible Burger que ainda não chegaram ao Brasil. A Futuro estaria mais próxima da Beyond, eu diria na questão do produto em si, ambas indicam não ter ingredientes Transgênicos na composição (o que na essência não quer dizer lá muita coisa: A Polêmica dos Alimentos Transgênicos). Já o Impossible utiliza para fazer o seu pigmento (leg-hemoglobina).

Infelizmente, não existem muitas informações sobre a Futuro Burger e/ou a empresa por trás do produto, a Fazenda Futuro. O site oficial até o fechamento da matéria não possuía nenhuma informação institucional, apenas um link para fazer pré-compra.

O que foi divulgado na mídia, é que o fundador da empresa é Marcos Leta, o mesmo da marca de sucos Do Bem, que foi vendida para a AmBev em meados de 2016. E a a empresa de sucos ficou conhecida por causa do storytelling pesado demais. Isso pode levantar dúvidas sobre a Futuro, não? Talvez.

Segundo a revista Prazeres da Mesa, as casas Lanchonete da Cidade (São Paulo) e T.T Burger (Rio de Janeiro) colocaram no cardápio opções de lanches com o hambúrguer, r$29 e r$79 (no T.T acompanha batata e milk-shake), respectivamente.

FUTURO BURGER: Hambúrguer de Carne de Mentira? De Vegetal? Vegano? | PratoFundo

Futuro Burger (Hambúrguer de Plantas)

Hambúrguer sobre fatiado
  • Marca: Fazenda Futuro (produzido por Magazzino Distribuidora de Alimentos)
  • Origem: Brasil
  • Preço: r$17,90
  • Embalagem: 230g (vem com dois hambúrguer de 115g/cada)
  • Calorias por 100g: 246,25kcal
  • Joinha: é realmente um produto diferente no mercado até o momento não tem nada próximo dele. Apesar de ter PTS na composição, a textura é diferente do produtos feito com PTS, ele tem o famoso “bite” que os gringos dizem e não é algo pastoso (você precisa mastigar mesmo igual carne). O sabor é intenso e realmente lembra “carne” processada/industrializada. Então, para quem está no processo de se tornar vegetariano, vegano ou quer diminuir o consumo dela, é uma opção que pode sanar a vontade.
  • Desjoinha: já sabe do que eu vou reclamar, do preço. É muito caro pela quantidade e nada acessível para a grande maioria. Mesmo eu tendo gostado da textura, eu consegui perceber a PTS ali no meio (menos que o normal), ao cortar é uma massa coesa e uniforme, diferente da carne. Já o sabor e aroma: lembrou demais, demais hambúrguer normal industrializado basicão, sabe? Não tinha sabor de carne per se, mas de hambúrguer pronto. Pesaram a mão seja no preparado sabor carne (que não lista do que é feito) e/ou no aromatizante “natural” (que não quer dizer nada) tanto é que ao abrir a bandeja já dava para sentir o aroma de hambúrguer normal cozido e o sabor residual na boca é bem persistente. A quantidade de sódio para uma porção (que é 80g, o que equivale a meio hambúrguer), é tão alta quanto um hambúrguer comum e quem é que vai comer só metade de um hambúrguer, né? E o detalhe é: as instruções de preparo sugerem temperar com mais sal, quando eu fiz não coloquei, ainda bem; achei bem salgado, quis tomar litros de água depois. Não chega a ser um problema, mas é um detalhe importante vindo de um produto/empresa: na embalagem diz “gosto de carne” quando o correto seria “sabor de carne”, gosto e sabor são conceitos diferentes dentro da Produção de Alimentos, e uma empresa tem o deve de saber isso.
  • Ranking: #4/#10 Bonitinho
Hambúrguer sobre um prato Futuro Burger: informações da tabela nutricional e ingredientes

Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Cientista e Cozinheiro que juntou duas paixões Ciência e Comida: a melhor combinação que existe! Diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

3 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Acho que vc reclama demais dos preços mesmo. Mas nesse caso, está coberto de razão. O kilo sai caríssimo.
    Queria saber a diferença entre sabor e gosto :)

    1. Quem compra os produtos sou eu, logo, meu dinheiro, logo, reclamo mesmo hahahaha No vídeo tem a explicação. :)

      1. Tem razão ;)
        Raramente vejo os videos, pois minha lida é feita de um lugar sem acesso.
        Mas já parei pra ver uns de onde tenho acesso :)