Meu Bolo Red Velvet Cake: A Revanche!

Por em

[Video: Bolo Red Velvet Cake]

Algumas vezes uma receita fica na nossa cabeça. Sempre dando aquela lembrança: vem fazer a gente de novo!

Dentro dessas, o bolo Red Velvet Cake! Para quem acompanha o blog, sabe que eu já o fiz uma vez. Mas deu tudo errado… quer fizer: foi cômico. Caso não tenha lido: Red Velvet Cake e Chocolate Branco.

Como eu queria fazer um bolo novamente, acabei pescando essa receita que é bem tradicional dos Estados Unidos. E desta vez, fiz como eu queria.

Existe muito debate sobre como o Red Velvet deve ser feito. Alguns dizem que precisa ter cacau, e ele precisa ser o natural por ser ácido. Já outros que para ficar com o tom vermelho devemos usar beterraba para ter um corante natural.

Nessa minha versão, a resposta mais curta para este debate: eu não quis. Obrigado, de nada.

Agora, vamos para as respostas mais longas.

Cacau natural / não alcalinizado: por ter um caráter ácido, realmente, o pH da massa irá interagir com este cacau. O que interfere na coloração final e sabor final. Porém, praticamente todas as receitas de Red Velvet pedem para fazer algo que não faz sentido nenhum. Misturar o bicarbonato de sódio (ou fermento) com o vinagre, e quimicamente isso é uma reação de neutralização. E nesse caso, o resultado é um sal (acetato de sódio), água e gás (gás carbônico). Ou seja, se foi neutralizado, não vai dar em nada.

Dito isso: a quantidade de cacau que vai iria deixar a massa marrom e não daria tanto sabor de cacau assim. Duas coisas que eu não queria.

Beterraba: nos últimos anos surgiram mais receitas que usam a beterraba para agregar cor. Porém, na grande maioria das receitas é um bolo de… beterraba. Ou seja, além da cor vem junto o sabor caraterístico dela. Eu não queria isso. Sem falar que o pigmento presente, Betanina, é sensível ao pH como a grande maioria dos pigmentos naturais. Logo, o pH da massa também iria interagir com ele.

Obrigado, não quero.

Bolo Red Velvet Cake por PratoFundo.com

A história do Red Velvet Cake tem mais de 200 anos, os primeiros relatos datam 1800. É uma receita bem, mas bem antiga e cheia de reviravoltas. Como toda boa história.

Pelo que existe relatado, o bolo original não era necessariamente esse vermelho vibrante. Mas sim um marrom avermelhado por causa dos ingredientes usados naquela época. Ou por causa de nomenclatura, antigamente o brown sugar (que não tem no Brasil, e açúcar mascavo não é a mesma coisa) era chamado de red sugar.

E na massa era usado o cacau, amido de milho ou farinha de amêndoas para deixar o bolo final mais leve (velvet, aveludo) para remeter aos doces vitorianos. A adição desses ingredientes interferem na trama de glúten da farinha de trigo, logo, deixam o bolo menos denso.

Já o Red Velvet moderno com o tom vermelho bem intenso é graças a uma jogada de marketing de uma empresa produtora de extratos e corantes que viu uma oportunidade durante a 2º Guerra Mundial. Transformar um bolo simples em algo bem mais chamativo.

O bolo que eu buscava é justamente esse moderno: bem vermelho e chamativo.

Para conseguir a cor usei corante vermelho em gel. E em quantidades questionáveis. Vai bastante, mesmo sendo em gel. Sim, eu sei que muitas pessoas não podem consumir corantes por causa de alergia. Prazer, está lendo uma dessas pessoas.

Eu descobri que sou alérgico ao corante vermelho de cochonilha (carmine), me dá uma coceira danada. O que eu usei na receita lista amarelo de tartrazina, vermelho 2 e vermelho 6. Ainda não me deu nenhuma reação.

Para o bolo, usei a minha Massa Básica de Baunilha coringa que já ensinei aqui no blog e YouTube.com/PratoFundo. A diferença foi o acréscimo do corante e bastante essência de baunilha.

Sim, usei essência mesmo. Tá.

Preciso falar do recheio/cobertura de Cream Cheese: é incrível. Muito, mas muito boa. Precisei ter força de vontade para não comer tudo de colher. Façam. De nada.

Red Velvet Cake por PratoFundo.com

Red Velvet Cake: Bolo Veludo Vermelho

  • Pré-preparo: ~20 minutos
  • Tempo de cozimento + finalização: ~3 horas
  • Rendimento: 01 bolo de 15cm diâmetro

Ingredientes: BOLO

  • 1 receita do Bolo Básico de Baunilha com o corante vermelho
  • 3-6g corante vermelho em gel (cerca 2-3 c. chá)
  • 08mL essência de baunilha transparente

Ingredientes: RECHEIO DE CREAM CHEESE

Ingredientes: CALDA

  • 100mL leite integral
  • 04mL essência de baunilha branca

Modo: BOLO

  1. Faça o Bolo Básico com apenas duas diferenças: use essência de baunilha transparente para saborizar o bolo, e adicione o corante vermelho. Para colorir a massa separei uma xícara da massa, adicionei o corante nela e depois juntei com o restante da massa. A quantidade de corante vai depender da marca e o quão intenso desejar, coloque aos poucos e vá testando. Eu sei cerca de 3 colheres de chá.
  2. Com o bolo já frio, desenformar sobre uma superfície limpa. Remover o papel manteiga com cuidado e deixe o bolo com a base virada para cima.
  3. Para fazer os discos de bolo: com o aro de 15cm, cortar três discos. Dois deles serão mais perfeitos, o terceiro é juntando os pedaços que sobraram do bolo para formar um disco, duas meias luas. Este disco ficará escondido dentro do bolo.

Modo: RECHEIO

  1. Em uma tigela bata creme de leite, açúcar, baunilha e sal até começar a ficar levemente grosso, cerca de 1-2 minutos. Quanto maior o teor de gordura do creme de leite, mais rápido isso acontecerá.
  2. Adicione o cream cheese ao poucos, batendo sempre até ficar homogêneo, cerca de 2-3 minutos.
  3. Deixe na geladeira até o momento de usar.

Modo: CALDA

  1. Aqueça o leite, então, adicione a baunilha.
  2. Deixe esfriar.

Modo: MONTAGEM

  1. Em uma base que pode ser um cartonado ou tabuleiro posicione o aro e dentro dele o primeiro disco de bolo. Ele pode ser tanto o mais feio ou um dos mais perfeitos. Ao usar a camada mais feia, preencha os vãos com pedaços de bolo que sobraram. Deixar o disco mais bonito por último.
  2. Umedeça com o leite baunilhado.
  3. Faça uma camada do recheio, espalhe bem e coloque as gotas de chocolate.
  4. Coloque o segundo disco de bolo e pressione. Remova o aro de metal e repita o processo de camadas.
  5. Passe uma fina camada do recheio nas laterais do bolo para grudar as migalhas e proteger o bolo para não ficar ressecado.
  6. No topo do bolo coloque mais recheio, alise bem e faça a decoração de redemoinho com uma espátula pequena.
  7. O acabamento final do bolo é semi-espatulado, ou seja, ficará visível parte do bolo e do recheio.
Red Velvet Cake por PratoFundo.com Red Velvet Cake por PratoFundo.com

Referências

Compre pelos links abaixo. O valor não muda e você ajuda o PratoFundo:
SubmarinoShoptimeAmericanas

Vamos comentar? :D

4 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Noooossa, acho que eu toparia uma fatia desse bolo mesmo com essa certeza de muito corante (e das consequências disso nos dias seguintes, se você me entende). A propósito, qual o tamanho da forma que você usou? Abraços!

    1. Na receita do Bolo Básico de Baunilha tem todas as dicas, dá aquela olhadinha! Está linkado no texto :)

  2. Sem Avatar Dani:

    Fantástico!!! Vou tentar 😍

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como de faz: Recheio e Cobertura de Cream Cheese Fácil | PratoFundo

    […] eu fiz este recheio de Cream Cheese para o bolo Red Velvet, eu quis comer ele puro, sozinho, de colher. […]

«

»