Casa Fiesta: Comida TEX-MEX

Por em

Algum tempo atrás recebi um kit para o preparo de comida tex-mex da Casa Fiesta, tendo: tacos, molho de tomate moderado, mistura de tempero para tacos e pimenta jalapeños em conserva.

Casa Fiesta: Comica TEX-MEX

Comida tex-mex? Não é comida mexicana? Sim e não. O termo é usado para descrever pratos originado da união da comida regional americana (texana, principalmente) com a mexicana devido a imigração, ou então, pratos mexicanos que foram adaptados para a cultura americana. Na verdade existem outras explicações para o termo, vamos ficar com estas duas que está tudo bem, tudo bacana.

Os produtos são importados para o país pela Aurora e são produzidos pela Bruce Food que a sede dessa divisão fica em El Passo no Texas.

Feita as devidas apresentações, vamos falar dos produtos:

  • Tacos: A textura lembra um Doritos enorme! hahahah Mas sem todo aquele tempero característico do salgadinho. Não é um produto dos mais barato, R$15 (média) uma caixa com 12 tacos. Porém, é mais fácil e prático do que fazer o taco em casa. Normalmente, a massa é a base de farinha de milho que não é aquela coisa muito leve para ser trabalhada. Lembro que no curso tentamos fazer e deu tão errado (tudo bem que descobrimos depois que passaram a receita errada…).
  • Molho de tomate moderado: Como se pode imaginar, no molho existe a picância da pimenta jalapeño. É moderada, mas quem não gosta de pimenta vai achar forte. Se comer muito e puro diga adeus ao seu paladar, heheheheh Sim, eu fiz isso! :D Gostei do molho, muito bom! Já quero testar com pasta para dar uma “esquentada” no molho. Hummm…
  • Pimenta jalapeño em conserva: Acredito que ficou mais suave do que a in natura e da mesma forma que o molho, tem que gostar. Como eu gosto de pimenta, então, juntou a vontade com o desejo de comer. Também experimentei um pedaço sozinho. Para ter um parâmetro, é “mais” forte que a Tabasco verde.
  • Mistura de tempero para taco: Ironicamente foi o que eu menos gostei. Utilizei mais o molho para saborizar do que a mistura em si. O gosto do mix é estranho e o cheiro também (é, é, é provei sozinho). Na minha memória olfativa lembrava páprica, é um dos ingredientes, só que velha. Pessoal de casa também sentiu o aroma, para eles era cominho ou coentro. Cominho até poderia, é outro ingrediente do mix, mas coentro não. Então, é questionável. Mas eu ainda fico com a páprica.

Para experimentar os ingredientes tomei como base a sugestão do fabricante, em parte. Adicionei aos poucos o mix de temperos e ao invés do molho ser uma acompanhamento utilizei no preparo da carne. No momento de montar o taco acrescentei cebola 15 minutos conserva (é, receita do Mr. Oliver). Não reparem no meu chiffonade torto, mas ficou bacana vai! :P

Casa Fiesta: Comica TEX-MEX

Carne Refogada ao estilo TEX-MEX

Rendimento para 12 tacos
Ingredientes

  • 500g de carne moída (alcatra, patinho)
  • 1/2 cebola grande picada
  • 1/2 xícara de água
  • Azeite quando necessário (3 colheres de sopa)
  • Mistura para tempero de comida mexicana
  • Molho de tomate moderado
  • Pimenta jalapeño picada

Modo: numa frigideira (fogo médio) esquente o azeite e refogue a pimenta e cebola até ficar transparente. Acrescente a carne e deixe refogar por uns 10 minutos. Vá devagar na pimenta, caso nunca tenha comido.

O sachê do mix tem 35g e sugeria que fosse utilizado todo. Coloquei 5 colheres de chá do mix, apenas. Para agregar mais sabor adicionei cerca de metade do molho de tomate (115g). Mas é a gosto. A sugestão é ir colocando aos poucos, deixa cozinhar, experimenta e vai acertando o sabor de acordo com o seu paladar, fiz assim. Isso vale para a água também.

Tacos: a embalagem informa para esquentá-las em forno pré-aquecido (180ºC) até ficarem crocantes e quentes, leva no máximo uns 5 minutos.

Cebola 15 minutos conserva: corte uma cebola em finas fatias de meia-lua, coloque numa tigela e adicione sal (1 colher de chá) e vinagre (50mL), prove o tempero. Misture bem e reserve por 15-20 minutos. Então, esprema bem as fatias para retirar o excesso da mistura. A cebola fica crocante e perde parte da sua pungência.

Montagem

Sugestão: alface (devidamente higienizada) cortada em “tiras longas” (corte chiffonade) e tomate em cubos (também limpo).

Para montar é fácil, uma camada generosa da carne refogada, camada de alface, tomate e cebola. Pode também colocar o molho de tomate e a pimenta no taco. A parte mais “difícil” é comer sem derrubar tudo, heheheh.

Casa Fiesta: Comica TEX-MEX

Caixa para arquivo morto montada ao contrário não é nada legal e não causa boa impressão. Fica a dica. ;)

Compromisso com a verdade.

Compartilhe!

Estante do PraFundo

Ferran Adria – Modern Gastronomy: A to Z
Jamie Oliver: o Chef sem Mistérios
Facas e Cortes: Técnicas para Cortar
Cartas a um Jovem Chef: Caminhos no Mundo da Cozinha

Confira toda a ESTANTE!

10 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Adoro comida tex-mex, e bem picante – na minha despensa sempre tem jalapeño em conserva e tabasco. Dessa marca, gosto de tortilla chips, mas acho muuuuuuuuuuito caro.

  2. Sem Avatar Dani:

    Olá Vitor,

    Será que colocar queijo passado pelo ralo grosso é coisa que brasileiros inventaram para adicionar ao Taco?

    Foi assim que comi em um restaurante de São Paulo. E acabei preparando em casa assim tb.

    Apenas curiosidade mesmo.
    Abraços

  3. Pimenta jalapeño em conversa? ou em conserva?
    ê até os mestres erram de vez em qd!
    Amo TACOS!
    Bjos

  4. Sem Avatar Claudia:

    Aqui também somos fã de comida tex-mex e mex. Se bem que não é a mesma coisa como disse. Algumas coisas são melhores tex-mex e outras não. As pimentas jalapeño em conservas são picantes, mas as habaneros são mais ainda. As nossas pimentas nacionais em conservas caseiras também conseguem ser muito picantes e gostosas. Preciso experimentar esta marca de tacos. Confesso que não gosto muito deles comprados prontos. Prefiro adaptar com o “rap 10″ tostado, que não deixa nada a desejar de acordo com quem já esteve no México. E fazer tacos autênticos em casa realmente é bem difícil, aquela “harina” que é a farinha de milho branca que eles usam é bem difícil de ser trabalhada. Desanimador. Os seus tacos estão bem apetitosos, só faltou guacamole para acompanhar…

    bjs

  5. Sem Avatar Luiza:

    Olá Victor!
    Respondendo sua perguta no post anterior,
    eu faço Gastronomia na Estácio de Sá
    em Belo Horizonte.
    Quanto a esse post, bacana sua descrição e ótima
    foto também.
    Beijos
    Luiza

  6. Oi Victor Hugo, este mix mexicano é um dos tradicionais “jantares” aqui em casa… a criançada adora!! Comemos os tacos com alface à juliana, tomate picadinho, a carne e queijo cheddar. Abração!

  7. Sem Avatar Mirian:

    Essa é a minha marca favorita, pois oferece as versões Mild e Hot tanto para o tempero para Taco ou Chili, e eu não sou amiga de pimentas.
    Fico feliz em saber que estão disponíveis no Brasil também. São para quando bate aquela vontade de comida de ” sustância” e você é um zero na cozinha e só tem um pouco de carne moída e uma lata de feijão, sem falar numa baita preguiça… Não é coisa pra gourmets, com certeza.
    Sempre usei o pacote inteiro do tempero, fica um pouco forte sim, mas a alface, o tomate e o queijo (não se esqueça do queijo, pode ser Cheddar, Monterey Jack, ou até Mozzarella) suavizam o baque. E usando tortillas sai bem mais barato. Adorei o post!

  8. Sem Avatar Adriana:

    Também sempre faço a carne do taco com o molho de tomate… E comprar o taco pronto é o que há! Fazer em casa não tem jeito… Eu pelo menos sempre tive experiências desastrosas quando tentei! Até que desisti e passei a comprar pronto mesmo! Mas é a única coisa que compro pronta… Todo o resto faço em casa: molho, conserva de pimentas…

    Fiquei com vontade, agora!

    Deixa a caixa, menino! Reciclar é preciso! :]

  9. Sem Avatar Laurent:

    Muito diverso os seus gostos. De Alinea para Tex-Mex…

    Quando morava em Sampa, boa comida mexicana fazia falta. Um jeito simples de fazer tacos em casa era de utilizar pão sírio ou pão folha. A mixtura de temperos pode ser replicado com pimenta cayenne, cumino, alho em pó e coentro em pó. Para um gosto TEX MEX fica pesado com o cumino e cayenne, para um sabor Baja, mais alho, menos cumino e acresenta coentro fresco no final

    Acho que o taco frito em forma de U fui invenção de Fast Food, mas não tenho certeza. De qualquer forma é muito bom fito mais da muito trabalho e quase sempre quebra.

    Mais de qualquer forma mole ou frito, tacos estão sempre gostoso.

    Bon Appetit

    Laurent

  10. @Leticia: tabasco não pode faltar em casa também! Gosto de uma pimenta, heheheheh Queria testar a jalapeño in natura um dia! :D

    @Dani: ooouch! creio que não, mas nas instruções do fabricante também pedia para colocar queijo cheddar… eu ia colocar parmesão, mas eu esqueci! hhahahah

    @Amanda: ooooops! ja consertei, eu e minha dislexia para escrever! obrigado :D

    @Claudia: nunca provei o original mexicado ou o tex-mex americano mesmo, mas eu gostei da “shell”, tão crocante! :D

    @Luiza: uia, que bacana! :D Quem sabe um dia eu também faça, heheheheh

    @Luciana: o kit é bem gostoso mesmo, mas tinha que ser caro? hahahahah

    @Mirian: esqueci completamente do queijo, hahahah era para ter usado parmesão!

    @Adriana: reciclar é preciso, concordo completamente. Porém, algo me diz que ela foi usada deliberadamente para o envio, e não como forma de reuso, heheheh Poderia ter vindo melhor apresentada. :P

    @Laurent: essa é a grande diversão! Estar disposto a experimentar de tudo, se for com comida, estamos aí! heheheh

Comentários fechados no momento. Caso queira, entre em contato.

«

»