Coxinha de Peru (mas pode ser de frango)

A tradicional coxinha, mas com um recheio um pouco diferente. Peru! Mas pode ser frango ou outra ave natalina.

Coxinha de Peru vista de perto mostrando o resultado da fritura.

Depois de ter visto que peru e outras aves natalinas estavam em promoção (o preço tinha abaixado bastante comparado com o valor cheio do natal e ano novo), veio a ideia: que tal uma coxinha de peru?

Tecnicamente é o mesmo salgado, a massa tradicional de farinha de trigo, mas com o recheio diferente. Ao invés de ser frango, coloquei peru.

Para o recheio, a carne de peru já estava cozida (no caso, assada). Tem vários cortes desde o peito até a coxa. Comprei o peru inteiro e assei (receita em breve) e como rende bastante, transformei no recheio da coxinha.

Fica parecido com frango? Sim e não. Para mim, peru tem um sabor um pouco mais intenso que frango que você sente de fundo. Não chega a ser tão forte quanto carne de caça, pato ou faisão. Frango é bem suave, né. Porém, se não falar que é peru acho pouco provável que alguém reconheça.

Dicas para uma coxinha incrível

  • A quantidade de recheio para massa na receita é de 2:1, ou seja, tem o dobro de recheio perto da massa. Vai sobrar recheio sim. Para usar todo o recheio é necessário fazer duas massas da coxinha, mas recomendo que faça uma de cada vez por causa da quantidade. Fica mais fácil fazer separadamente.
  • A carne do recheio é peru, mas pode ser frango ou outra ave natalina como chester, fiesta e assim por diante.
  • O tempero da massa de coxinha/salgado foi cubo de caldo de legumes sem sal, e é realmente sem sal. Fica bem suave. Se quiser pode fazer o próprio caldo, mas eu não quis e nem tinha. Se usar um cubo que já tenha sal, coloque aos poucos para que não fique salgado demais.
  • Testei assar as coxinhas na air fryer, mas o resultado foi abaixo do esperado… além de ter demorar bastante. Para ficar com uma coloração dourada precisou de 35-40 minutos. Porém, a minha air fryer é do modelo tipo forninho e não de cesto, então, isso pode ter influenciado.
  • A coxinha depois de modelada e empanada pode ser congelada por até 3 meses, mas recomendo no máximo 2 meses. Espalhe as coxinhas sobre uma assadeira e leve ao congelador, quando estiverem bem firmes transfira para um saco plástico e retire o máximo de ar. Para fritar, deixar descongelar totalmente.
Coxinha de Peru aperta mostrando o recheio de peru.

Coxinha de Peru

Pré-preparo: 30 minutos
Tempo de preparo: 30 minutos
Total: 1 hora
Rende: 15 unidades médias
Autor: Vitor Hugo

Ingredientes

Recheio de peru

  • 15 g óleo vegetal (pode ser azeite)
  • 1 cebola (média, ralada)
  • 3 dentes alho (ralado)
  • 400 g peru cozido (desfiado, pode ser frango)
  • ½ colher de chá colorífico
  • 40 g extrato de tomate
  • ½ colher de chá salsinha seca (ou fresca)
  • 100 mL água
  • sal refinado (a gosto)
  • pimenta do reino moída (a gosto)

Massa de salgado

  • 300 g água
  • 300 g leite desnatado
  • 40 g manteiga sem sal (pode estar gelada)
  • 1 cubo caldo de legumes (sem sal, veja observação)
  • sal refinado (a gosto)
  • 300 g farinha de trigo

Empanado

  • 400 g água
  • 30 g amido de milho
  • 150 g farinha de rosca
  • 150 g farinha panko
  • 900 mL óleo vegetal (para fritar)
Recomendo sempre usar as quantidades nas unidades de medidas em peso e volume quando presentes. As quantidades em xícaras/colheres são apenas uma cortesia do sistema e menos precisas.
1 xícara: 250mL | 1 colher de sopa: 15mL.

Modo de Preparo

Recheio de peru

  • Aqueça óleo em uma frigideira e refogue cebola e alho até ficar transparente e aromático, cerca de 2-3 minutos.
  • Adicione o peru já cozido e desfiado, misture ligeiramente, cozinhe por 1-2 minutos.
  • Acrescente colorífico, extrato de tomate, salsinha, água e misture bem. Cozinhe por 3-4 minutos ou até reduzir a quantidade de água.
  • Tempere com sal e pimenta do reino, misture.
  • Retire do fogo e deixe ficar morno, ao menos, antes de usar.

Massa de salgado

  • Aqueça água, leite, manteiga, cubo de caldo em uma panela até ferver, cerca de 3-4 minutos. Mexa para dissolver o cubo.
  • Coloque farinha de uma vez e mexe muito bem para transformar em uma massa uniforme, cerca de 2-3 minutos. Se usar uma panela sem antiaderente irá formar uma película no fundo da panela, é um indicativo de que está bom.
  • Transfira a massa para uma superfície limpa e untada com óleo. Se usar um tapete de silicone que seja antiaderente não precisa untar. Deixe esfriar por cerca de 3-4 minutos.

Modelagem da coxinha

  • Sove a massa quando conseguir manipular sem se queimar, a massa deve ficar uniforme e mais lisa.
  • Separe porções de cerca 45-50g de massa, faça uma bolinha. Então, abra com a palma das mãos para formar um disco de espessura uniforme.
  • Coloque o recheio de peru no centro do disco, não coloque demais caso contrário não fecha e pode estourar na hora de fritar.
  • Junte as bordas do disco ao centro apertando para fechar, pode ser necessário retirar um excesso de massa.
  • Modele com a parte interna das palmas das mãos para deixar no formato tradicional de coxinha (no vídeo ficar mais fácil de entender essa parte).
  • Outra maneira: depois de sovar a massa, abra como um retângulo de espessura uniforme e corte em quadrados para separar as porções de massa. Assim fica mais fácil de saber o tamanho delas.

Empanado

  • Misture água e amido de milho em uma tigela, mexa bem.
  • Passe cada coxinha na mistura de água e amido.
  • Cubra com farinha de rosca ou a farinha panko. A farinha de rosca deixa com o visual tradicional de coxinha, e o panko deixa com mais textura.
  • Frite em óleo quente a 180ºC as coxinhas, faça aos poucos. Deve ficar bem dourada entre 3-4 minutos.
  • Retire do óleo e deixe escorrer sobre papel toalha.
  • Sirva quente.

Dicas

  • Quantidade: a proporção de recheio para massa é de 2:1, ou seja, tem o dobro de recheio para a quantidade de massa. Se quiser pode reduzir o recheio pela metade. Se for usar todo para fazer coxinhas, recomendo que faça a quantidade de massa uma de cada vez para ter mais controle do cozimento da massa.
  • Peru: pode ser trocado por frango ou outra ave natalina como chester.
  • Água: na massa pode ser trocada por caldo feito de frango ou de legumes, como não tinha nenhum dos dois, usei água com o cubo de caldo de legumes.
  • Cubo de legumes: usei uma versão sem sal na composição e realmente não é salgado. Testei com meio cubo e ficou super suave, então, por isso uso o cubo inteiro na massa (e ficou suave também). Se usar cubo sem sal, tempere bem a massa com o sal adicionado. Se usar um cubo com sal, coloque aos poucos, pois tendem a ser salgados.
A receita tem links para programa de afiliados, se comprar, o PratoFundo pode receber uma comissão sobre a venda que ajuda a manter o site no ar.
Vem me acompanhar!Confira mais novidades no meu Instagram @PratoFundo!
Artigo por: Vitor Hugo

Mestre em Ciência de Alimento, Farmacêutico, Produtor Gastronômico e Comunicador de Ciência. Uma combinação diferente, né? Vem saber mais…

Fez ou tem uma dúvida sobre a receita? Comente!

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

Avalie a receita: