Prime Rib e Couve-Flor Tostada

Os meu leitores vegetarianos que me perdoem (ou não), mas este texto será um desbunde de carne para quem aprecia um bom pedaço! Particularmente, não consigo viver sem uma boa carne, gosto mesmo e vou continuar a comer por um bom tempo. E sim, já assisti o filme “Terráqueos” (Earthlings).

Prime Rib e Couve-Flor Tostada por PratoFundo.com

Mas sendo totalmente piegas, acredito que devemos respeitar qualquer produto alimentício quando o manipulamos, ainda mais quando ele é derivado de outros seres vivos, não importa qual, que forneceram a vida deles para nos possamos continuar a nossa. Ao menos, é com esta consciência que sempre cozinho.

Não chego a ser como Fabio Viviani, participante da quinta temporada de Top Chef, que disse: “para que comer vegetais quando se tem carne!“. Claro que ele estava tirando um certo sarro (eu espero).

O corte tem origem americana, o prime rib. Numa comparação bem superficial, são as costelas do animal. Entretanto, neste caso elas foram separadas e o osso foi deixado, e são cortadas dando um aspecto de pirulito. Numa outra citação ao Top Chef, na quarta temporada foi mostrado esse corte.

Desde que o encontrei na cidade fiquei bem tentado a fazer, relutei bastante em comprar… o preço é quase proibitivo. O custo gira em torno de r$50/kg, sendo que cada uma pode variar entre 500-800g. Ou seja, fica em torno dos r$30-45. Não é um ingrediente para o dia-a-dia, literalmente.

Como desejava sentir o gosto da carne em si, o tempero foi o mais simples possível: alho, sal e pimenta. E só. Pensei usar alecrim, mas deixei de lado. Ficou um pouco além do ponto, a espessura da peça me enganou… uma pena, mas mesmo assim digo: valeu cada centavo! Que carne boa, quero todo dia, pode? hahahahah

Um assado de couve-flor tostada com purê de batata para fazer companhia para este belo pedaço de carne, só para dizer que tinha um pouco de carboidrato. O purê estava até bom, mas poderia ter ficado mais interessante. Mesmo temperado com sal, pimenta e noz-moscada, deveria ter colocado mais queijo na massa. A ideia original era usar mandioquinha salsa, porém quando vi a quantidade de batatas na geladeira, mudei de planos.

p.s.: levei em consideração as dicas de vocês sobre as marcas dos ingredientes que uso. Para não ficar muito poluído, criei uma página com a listagem completa chamada “Ingredientes” fica no topo da página. Como não troco tanto de marcas assim, creio que ficará mais organizado.

Prime Rib e Couve-Flor Tostada por PratoFundo.com

Prime Rib e Couve-Flor Tostada

  • Pré-preparo: 10 minutos
  • Tempo de cozimento: 25 minutos
  • Rendimento: 1 porção
INGREDIENTES
Ingredientes: CARNE
  • 1 peça prime rib (500g por pessoa)
  • 2 dentes de alho picados
  • Manteiga sem sal (a gosto)
  • Sal refinado (a gosto)
  • Pimenta-do-reino moída (a gosto)
Ingredientes: COUVE-FLOR TOSTADA
  • 1/2 cabeça couve-flor (higienizada)
  • 4 batatas médias (descascadas)
  • 1 ovo
  • 200 mL leite integral
  • 3 c. sopa manteiga sem sal
  • 150 g queijo tipo grana (ralado; ou parmesão e +/-100g para finalização)
  • Sal refinado (a gosto)
  • Pimenta-do-reino moída (a gosto)
  • Noz-moscada (ralada; a gosto)
MODO DE PREPARO
Modo: CARNE
  1. Tempere a prime com sal, pimenta-do-reino e o alho picado. Primeiro, esfregue o alho e deixe por uns 15 minutos, após retire os pedaços de alho. Então, tempere a superfície toda da carne com sal e pimenta dos dois lados.

  2. Pré-aqueça o forno em 180-200ºC.
  3. Numa frigideira esquente uma boa quantidade de manteiga (2-4 colheres de sopa) e um fio de óleo em fogo médio-alto. Coloque a carne, cozinhe cada lado por cerca de 2-3 minutos. Enquanto isso, vá jogando a manteiga derretida em volta da peça para cozinhar os lados também.
  4. Finalize o cozimento no forno por 7-10 minutos. Verifique se a sua frigideira pode ir ao forno, caso tenha alguma parte de plástico não. Normalmente, as que são totalmente de metal não teriam problemas, porém verifique antes de tentar.
  5. O tempo de cozimento estimado é para deixar a carne ao ponto, mas isso pode variar de acordo com o seu gosto e a eficiência do seu fogão.
  6. Retire do forno e deixe a carne descansar por uns 5-10 minutos antes de servir.
Modo: COUVE-FLOR TOSTADA
  1. Modo: cozinhe as batatas até estarem macias, mas sem desmanchar. Passe por um amassador de batatas ainda quente.
  2. Numa panela em fogo baixo junte as batatas amassadas, ovo e metade do leite. Mexa sempre, e vá adicionando o restante do leite até obter a consistência desejada, se quiser mais firme coloque menos. Enquanto, acrescente os temperos a gosto. Quanto ao sal, irá variar se colocar mais ou menos queijo grana, ele não chega a ser tão salgado assim, mas tem uma quantidade de sal interessante. Reserve.
  3. Corte a couve-flor em pedaços pequenos, deixe alguma parte do caule também. Numa frigideira quente coloque a couve-flor e toste levemente, tempere com sal. Reserve.
  4. Em recipientes individuais (ou em um grande), faça uma camada do purê de batatas, uma camada com couve-flor, salpique um pouco de queijo ralado, cubra com outra camada de purê e a última camada de couve-flor. Por fim, queijo ralado por cima.
  5. Leve ao forno junto com a carne. Forno em 180-200ºC por 10 minutos.
Você fez a receita? Marca a gente @PratoFundo ou tag #PratoFundo!
Prime Rib e Couve-Flor Tostada por PratoFundo.com

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

13 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Oi, primeira vez no site, meu marido está fazendo a carne e eu o purê, acrescentei cebola processada ao purê e não fritei a couve (eu já tinha cozida e congelada então aproveiteio), depois escrevo como ficou. Grande abraço a todos.

  2. Nelson,

    A peça que usei na receita comprei assim no supermercado. Já veio assim, não tive que pedir no açougue. É da empresa VPJ Beef.

  3. Ola ! Onde encontro este corte pra vender ? A maioria dos acougueiros nao conhecem.

    Grato
    Nelson

  4. Eu adooooro prime rib.
    Tudo bem que só comi uma vez, mas estava perfeito…receitinha do anita.
    Meu, mas como o bichinho é caro!!:S
    bjos
    si

  5. Achei sacanagem esse post. Ainda nao almocei, e tenho zero skill na cozinha. =)
    Nhaaaaaaaaaa vontade de carne!!!

  6. Tenho que concordar contigo, “vegetarianos que me perdoem (ou não)”, mas essa carne é ,no minimo, deliciosa!!
    eu usei ela para o prato da minha banca, guarnecido com crocante de pinhão e vegetais salteados na manteiga.

    E o assado de couve-flor deve ficar muito bom.(sou suspeito, pois adoro purê de batata)

  7. Eu também te perdoo Vitor!
    Só porque você escreve muito bem e não posso mais viver
    sem o prato (não vá ficar convencido viu? rs).
    Embora não gostar e comer carne é interessante saber sobre elas, já me disseram que até entendo bastante pra quem não come (isso é bom ou ruim? rs), mas na profissão que escolhi tenho que ao menos me adequar a algumas coisas.
    E respeitar pessoas “carnívoras” como você! hehe
    Acredita que nem consegui assistir Terráqueos todo? Morri de dó, mas deixemos esse assunto pra lá…
    Gostei da receita do assado de couve-flor (adoro)!

    Um abraço,
    Luiza

  8. Uau, adorei este prato! A foto ficou linda e eu não sabia muito sobre este corte de carne. E a couve-flor no potinho arrasou, bem melhor que encher de creme de leite ou molho branco. Um beijo!

  9. Nossa! uaa! Isso deve estar uma delícia.. Tenho uma idéia, dá próxima vez chame os leitores do Blog pra saborear com você!!! Eu vou com muito prazer! =)

  10. Bom dia Vitor!
    Não conheço este corte mas acredito que se deixar marinando por umas 2 horas ficaria melhor. E para o purê, experimente fazer um, qualquer um, adicionando creme de leite (na verdade vira um supremo). Mas nunca mais vai quere de outra maneira.

    Abraço

  11. Ai Vitor eu te perdoo só porque você colocou a receita da couve flor… o que significa que seu eu fosse almoçar na sua casa o dia que vc fez essa carne eu não iria passar fome :)

    Respeito a sua opinião apesar de não concordar e acho que o mundo deveria ser assim: respeito as diferenças! Afinal o mundo gira por causa delas… Se eu detesto preconceito com vegetarianos eu seria burra se não respeitasse quem come carne!

    Parabéns pelo site! Vejo que você é super dedicado ao que se propõe! beijinhos

  12. Querido Vitor, recebo teus posts toda vez que um sai da forma. o tempo para deixar comentarios nao rola mas a leitura e regular.agora este post aqui me matou de paixao.bjs da fa.

  13. Ah, eu nunca tive a menor vontade de comer costela na minha vida, mas a sua tá irresistível. Comeria com gosto!

    Achei muito lindo você ter aceitado a sugestão de nós, leitores. (:
    Agora só preciso descobrir onde vende esse Cacao Barry, porque eu não ando muito satisfeita com a última marca de cacau em pó que andei experimentando…

«

»