Crumble de Maçã, Cranberry e Ruibarbo

Uma sobremesa bem comum nos Estados Unidos e na Inglaterra: Crumble! Um doce assado e dessa vez Crumble de Maça, Cranberry e Ruibarbo.

Crumble de Maçã, Cranberry e Ruibarbo em destaque vista de cima com o topo dourado

Já se faz alguns anos que provei pela primeira vez este prato tão simples e gostoso.… estava na faculdade, ainda. Coloca tempo nisso! Conheci por causa de uma colega que, na época, estava noiva de um britânico-suíço que ensinou a receita.

A versão original era de maçã, apenas. Mas como na cozinha mudanças e adaptações sempre ocorrem, outras frutas podem ser usadas, claro! Basicamente é: farofinha doce e frutas.

Crumble numa tradução livre é farofa/migalhas que descreve muito bem o aspecto que cobertura feita de farinha e manteiga deve ficar. O restante do prato fica a cargo das frutas, digamos que a farofa está ali para dar um contraste de texturas.

Para a proporção, calculo cerca de uma maçã por pessoa. E a quantidade de farofa é suficiente para cobrir bem duas porções, não recomendaria fazer menos do que o descrito… ficaria muito pouco.

Particularmente, prefiro retirar a casca da maçã quando realizo este prato. Devido o tempo ser curto, a casca não tem chance de cozinhar plenamente, ficando “firme”. O que, para mim, não é lá muito bacana neste caso.

Crumble de Maçã, Cranberry e Ruibarbo mostrando o interior com as frutas
Gif para se inscrever no canal do PratoFundo no Youtube

Crumble de Ruibarbo, Maçã e Cranberry

Pré-preparo: 10 min
Tempo de cozimento: 30 min
Total: 40 min
Rend.: 2 unidades
Autor: Vitor Hugo

Ingredientes

Ingredientes: CRUMBLE

  • 110 g farinha de trigo
  • 60 g manteiga sem sal (gelada; em cubos)
  • 45 g açúcar cristal
  • 0,5g sal refinado (pitada)

Ingredientes: RECHEIO

  • 2 maçãs médias sem casca e cortadas em cubos (variedade gala ou fuji)
  • 50 g cranberries secas
  • 2-3 c. sopa compota de ruibarbo

Modo de Preparo

  • Aqueça o forno em 180-200ºC.
  • Numa tigela, junte a farinha, manteiga e o sal. Misture com as pontas dos dedos para formar uma farofa (crumble). Não deve formar uma massa compacta, deve ficar bem solta. Quando atingir o ponto descrito, acrescente o açúcar e mexa com uma colher. Reserve.
  • Recomendo que manipule o recheio após preparar a farofa, assim evita que a maçã escureça demais (oxide). Numa tigela, coloque a maçã, cranberries e a compota de ruibarbo. Como a compota já tem açúcar não é necessário acrescentar mais, mas caso deseje, sem problema algum. E a quantidade de compota depende do seu paladar.
  • Em um refratário (que possa ir ao forno) coloque o recheio espalhando bem, então, por cima a farofa de açúcar sem pressionar.
  • Leve ao forno e asse por cerca de 30 minutos ou até a superfície ficar levemente dourada.
  • Tanto quente quanto frio fica excelente, acompanha bem sorvete de baunilha.

Dicas

  • Não tenho cranberries e/ou ruibarbo: sem problema algum! A receita original é com maçã, faça apenas com ela, oras! Ou acrescente outras frutas. Apenas sugiro frutas carnudas: pêssego, banana, pera… E neste caso será preciso acrescentar açúcar ao recheio, de 2-3 colheres de sopa (25-30g).
Você fez a receita? Marca @PratoFundo no Instagram ou deixe um comentário!
Crumble de Maçã, Cranberry e Ruibarbo em destaque dentro de porcelana

Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Cientista e Cozinheiro que juntou duas paixões Ciência e Comida: a melhor combinação que existe! Diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

6 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Vitoooor, vc esqueceu q ele eh servido na Inglaterra, quente com creme branco gelado por cima!hehehehehe
    Parabens pelo site, fiquei sabendo dele hj e fui correndo p ver, vc me surpreendeu…parabens “mesmo”
    beijos, saudades e sucesso

  2. Acho que dá pra colocar mais maçã. Hum, e servir com chantili, ou então uma bola de sorvete de creme…

  3. Muito boa essa receita! Eu fiz só de maçã, e gostei muito. Muito prática e boa gostosa de se fazer ^^ eu queria ter colocado algum tipo de castanha ou nozes no meio da maça, para dar uma crocância, mas estava absurdamente caro p/ meus bolsos estudantis u_u
    muito obrigada pela receita ^^

  4. Raquel,

    Difícil dizer. Mesmo não usando açúcar, a banana tem um índice glicêmico moderado comprado com outros alimentos. Pelo que pude constatar, o IG dela é de 52-83 (dependendo da fonte).

    Minha sugestão é fazer um gratinado de banana (não tão madura), maçã (com casca), ameixas, pêssego ou peras. Colocar um pouco de adoçante culinário e canela, e por cima uma fina camada de granola/aveia (sem açúcar).

    Servir aquecido acompanhado de iogurte (sem açúcar) gelado. Creio que assim, ficará bacana. Mas recomendo conversar com a nutricionista e/ou endócrino dela para saber o que o profissional pensa.

  5. Hummm…. muito interessante! Adoro crumble e tenho (ainda, shame on me) no freezer cranberries secas e ruibarbo congelados. Semana que vem tamos aí com esta receita!

  6. Ai Vitor, suas receitas, suas fotos, tudo nesse site me acaba. Essas mais simples então… como não fazê-las IMEDIATAMENTE? rs

    Posso só fazer uma pergunta? Amo crumble, mas nunca fiz. Minha mãe é diabética e estou em cólicas para escolher uma sobremesa sem açúcar para recebê-la em casa. Sugere algum substituto? Ou será que com uma fruta mais doce, como a banana assada, o uso do açúcar é dispensável? Que acha?

    Obrigada! Beijo,