Sorvete de Cookies, Nutella e Baunilha

E esta dada a largada dos primeiros sorvetes do ano! Como ficarei um bom tempo sem forno por questões de logística e espaço, vamos nos acostumar com a avalanche de sorvetes e sobremesas geladas. Está certo que não me faltam ideias de bolos e cookies com sorvete.

Sorvete de cookies com nutella servido em copo de vidro

Com a última compra de livros na meca Amazon, dois eram exclusivamente sobre sorvetes. Não vejo a hora de testar alguns sabores bem diferentes e fora do padrão. Mas antes vamos começar com um sabor mais básico.

Adaptei uma das receitas do livro Sweet Cream and Sugar Cones: 90 Recipes for Making Your Own Ice Cream and Frozen Treats from Bi-Rite Creamery da sorveteira/confeitaria Bi-Rite Creamery em San Francisco.

O sabor original era apenas de cookies e um pouco de baunilha. Acrescentei nutella para acabar com o potinho que já estava morando na geladeira há algum tempo. Se não quiser usar, não precisa.

Diferente de muitas receitas de sorvete, esta pedia leite com 1-2% de gordura que se encaixa no nosso semidesnatado. E o creme de leite com 36% de gordura (heavy cream), como eu moro no sul é mais fácil encontrar creme de leite com mais de 36%. Já encontrei com 50% (era para foodservice)!

O creme de leite usado tinha 38%, foi a menor quantidade de gordura que encontrei. Vale lembrar: caixinha e lata não serve para fazer sorvete, ok? Giram em torno de 10-25% gordura e tem gosto próprio que nada lembra o pasteurizado.

Estava um pouco descrente com a quantidade de açúcar. Somente a base, o doce é bem suave. Gelada fica ainda mais. Mas tenha fé, a bolacha usada resolve esse detalhe. No final, não falta açúcar.

Sorvete de cookies com nutella servido em copo de vidro em destaque

Sorvete de Nutella e Cookies

Pré-preparo: 30 min
Tempo de cozimento: 6 h
Total: 6 h 30 min
Rend.: 800 mL
Autor: Vitor Hugo

Ingredientes

  • 200 mL leite desnatado (ou desnatado)
  • 300 g creme de leite fresco/pasteurizado (tenha mais que 35% gordura | usado: 38% gordura)
  • 100 g açúcar cristal
  • 1/2 fava de baunilha
  • 1 g sal refinado
  • 140 g bolacha recheada (picada)
  • 3 gemas
  • 100 g nutella (aproximadamente; ou outra pasta de avelãs)

Modo de Preparo

  • Em uma combinar o leite, creme de leite, metade do açúcar (50g), sal e a meia fava de baunilha raspada. Será usado apenas a parte interna, a fava em si guarde para outras produções. Levar ao fogo baixo, misture com fouet para dissolver o açúcar e homogeneizar o creme de leite
  • Deve ficar quente, mas não pode ferver. Cerca de 5-8 minutos.
  • Enquanto isso, misture o restante do açúcar cristal com as gemas e bata com fouet até formar um creme amarelo pálido e o açúcar dissolver.
  • Com a mistura de leite e creme quentes, coloque cerca de metade sobre o creme de gemas batidas. Misturando sempre, na sequencia coloque o restante do líquido.
  • Voltar essa mistura toda para a panela e levar ao fogo baixo para ganhar consistência. Cozinhe por 4-5 minutos, a espuma vai diminuir. Deve ser capaz de cobrir as costas de uma colher e fazer o rastro.
  • Retirar do fogo e peneirar para remover eventuais grumos. Faça um banho de gelo: coloque o recipiente onde a base do sorvete esta sobre outro recipiente com gelo.
  • Levar para a geladeira até ficar totalmente gelado, 2-3 horas. Não use a base quente na sua sorveteira.
  • Picar em pedaços pequenos a bolacha recheada escolhida. Reservar. Se usar nutella (50-60g) misture um pouco da base do sorvete para deixar mais fácil de trabalhar.
  • Levar a base do sorvete na sorveteira e proceder como o fabricante recomenda.
  • Quando o sorvete estiver pronto para ser retirado, acrescente a bolacha recheada e misture bem.
  • Transfira para um recipiente com tampa, e caso use nutella coloque agora intercalando com a massa do sorvete. Deixar firmar no congelador antes de servir.

Dicas

  • Adaptado: Sweet Cream and Sugar Cones.
  • Bolacha recheada: use qual você gostar, por questões de estética usei Negresco. A cor é mais intensa. O ideal seria Oreo, mas como não vende por aqui, a gente usa o genérico mesmo.
Você fez a receita? Me marca @PratoFundo ou deixe um comentário & avaliação!

Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Cientista e Cozinheiro que juntou duas paixões Ciência e Comida: a melhor combinação que existe! Diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

7 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Já fiz essa receita algumas vezes e é sempre sucesso!!! Aliás, adorei várias receitas daqui… obrigada.

  2. Tenho que concordar com a Patrícia. Que maravilha!

  3. Esse sorvete é food porn. Só digo isso. <3

  4. Tem como fazer sem a sorveteira?

    1. @Dayana: ter, até tem. Depois de esfriar a base, coloque um saco plástico (que feche totalmente a boca) ou fôrma retangular, ideal que fique com 1-2cm de altura o líquido. Levar para congelar. Tirar do congelador e processar (processador/mixer/liquidificador), e voltar para o congelador novamente, deixar congelar, processar novamente. Repetir 3-4 vezes. Igual, igual não fica, mas é uma maneira de fazer.

  5. Como gosto de uma texturinha no sorvete! Acho que a bolacha compensou porque era negresco. Acho ele super doce e isso deve ter equilibrado a falta de açúcar…. Parece uma delicia.

Trackbacks/Pingbacks

  1. @glaucolucena

    A sobremesa de hj é esta…Receita: Sorvete de Cookies, Nutella & Baunilha http://t.co/kEy2TCkeiq