Hoddeok: Panqueca Doce Coreana

Hoddeok (Panqueca Doce Coreana) | PratoFundo

[Vídeo: Hoddeok (Panqueca Doce Coreana)]

Desde que conheci a culinária coreana cai de amores. É fresca, tem conservas fermentadas, tem picância. Uma delícia que só. Um prato corriqueiro é o Hoddeok. Uma comida de rua típica da Coreia.

Hoddeok (Panqueca Doce Coreana)

Uma espécie de panqueca doce em que a calda é o recheio, além de ser crocante e macia ao mesmo tempo. Forma uma casquinha, sabe? Com a mesma massa dá para fazer a versão salgada mais atual, usando queijo.

Não vejo a hora de fazer kimchi (conserva de acelga picante) e ainda hei de fazer Jjajangmyeon (macarrão com molho de pasta de soja preta), só preciso encontrar a pasta de soja preta (não, não é misô).

Se você quer saber mais sobre a cultura coreana, as duas dicas do video foram: Maangchi e Eat Your Kimchi.

Para mais videos sempre fresquinhos, assine canal do PratoFundo e não esqueça do joinha, hein?

Hoddeok: Panqueca Doce Coreana
Gif para se inscrever no canal do PratoFundo no Youtube

Hoddeok: Panqueca Doce Coreana

Pré-preparo: 15 min
Tempo de cozimento: 1 h
Total: 1 h 15 min
Rend.: 4 unidades
Autor: Vitor Hugo

Ingredientes

  • 125 mL água morna
  • 20 g açúcar cristal
  • 1,5 g sal refinado (pitada generosa)
  • 5 g fermento biológico seco instantâneo
  • 15 mL óleo vegetal sabor neutro ( + para fritar)
  • 175 g farinha de trigo ( + para modelar)
  • 50 g açúcar mascavo
  • 30 g mix de castanha (nozes, amêndoas, castanha do Pará)
  • Canela em pó

Modo de Preparo

  • Numa tigela misture a água, açúcar cristal e sal. Mexer para dissolver. Acrescente o fermento biológico seco, misturando bem. Depois de dissolvido, junte o óleo.
  • Coloque a farinha de trigo e misture bem com espátula ou com as mãos. A massa é bem pegajosa.
  • Cobrir com plástico filme e deixar fermentar por 1 hora ou até dobrar de volume.
  • Numa tigela separada misture açúcar mascavo, canela e as nozes. Se quiser tostar as nozes.
  • Com a massa crescida, amasse para remover o excesso de gás. Será necessário farinha de trigo, é uma massa bem pegajosa.
  • Separe em 04 pedaços, abrir na forma de um disco (igual uma mini pizza) e no centro colocar cerca 1 colher sopa da mistura de açúcar.
  • Fechar a massa juntando as bordas ao centro. Tendo cuidado para não deixar o recheio escapar.
  • Numa frigideira anti-aderente acrescentar fio de óleo generoso e aquecer.
  • Coloque o bolinho e “frite” por ~45-60s, então comece a achatar o bolinha com as costas de uma escumadeira. Unte a escumadeira para que não grude. Continue a cozinhar por mais 30-40s até ficar bem dourado. Então, vire e cozinhe o outro lado achatando também. Abaixe o fogo e tampe por uns30-50s.
  • Coloque sempre mais um pouco de óleo para cada bolinho, se a frigideira for grande é possível fazer de 2 em 2.
  • Servir quente.

Dicas

  • Recheio: com a mesma massa dá para colocar recheios salgados, principalmente queijo. A massa não é tão doce assim.
Você fez a receita? Me marca @PratoFundo ou deixe um comentário & avaliação!
Hoddeok (Panqueca Doce Coreana)

Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Cientista e Cozinheiro que juntou duas paixões Ciência e Comida: a melhor combinação que existe! Diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

5 Comentários (Deixe o seu!)
  1. ok vou testar eu já vi alguns vídeos, entendi mais o menos porque acho que depende da temperatura ambiente não tenho certeza, amo muito todos os seus videos sempre te acompanho obrigada por responder ^-^

  2. Oin ^-^ tenho dúvidas Se eu abrisse um negocio de hoddeok, eu teria que fazer uma boa quantidade de massa certo, Então a minha dúvida é se esse tipo de massa pode ser armazenada na geladeira ou ela deve ser frita na hora após o tempo de fermentação ? (ㅡㅅㅡ) Kisseu

    1. Ih, não saberia dizer. Teria que testar. Mas o que eu sei é, lá na Coreia do Sul ele é vendido como comida de rua. Logo, algum jeito deve existir!

  3. Adorei essa receita. Vou testá-la. Se der certo te aviso, ok? Mais uma coisa: poderia publicá-la em meu blog? Citarei a fonte, claro. Obrigado. Abraço!

    1. Opa, faça sim! Sem dúvida, mas só não use as fotos, tá? :)