A Saga: Pudim do Habib’s e Kantaro Sweet Tooth Salaryman da Netflix

[Video: Pudim do Habib’s]

A história até chegar no Pudim do Habib’s envolve uma saga e um seriado da Netflix. Além é caro, do #PudimGate e muito bullying (dos coleguinhas).

Estava um belo dia navegando pela Netflix (me nota!) e me deparei com uma série japonesa chamada Kantaro: The Sweet Tooth Salaryman que é a versão live-action do mangá Saboriman Ametani Kantarou escrito por Tensei Hagiwara e ilustrado por Abidi Inoue.

Kantaro: The Sweet Tooth Salaryman

Divulgação | Netflix

O programa narra a vida de Kantaro e as suas aventuras pelo mundo dos doces e sobremesas no Japão. Apresenta situações meio bizarras e engraçadas, ah sim, é uma comédia. Até aqui tudo bem.

O detalhe fica para a estética das imagens: as tomadas dos doces são incríveis. É tudo bem trabalhado no food porn shot que a gente tanto gosta, não é mesmo? Já fica o aviso: você vai fica com fome.

Logo, lá pelo fatídico episódio 10 temos ele: Caramel Pudding. O culpado de tudo isso. Eu fiquei com muita vontade de comer pudim! O mostrado é incrível, parecer ser uma delícia que só.

Doces reais

Episódio 10: Caramel Pudding - Kantaro: The Sweet Tooth Salaryman

Divulgação | Netflix

A pior parte de tudo: os doces mostrados nos episódios realmente existem. Os locais são reais mesmo. Fiquei com aquela vontade de ir para o Japão para provar todos! E o caramel pudding é do Esse Due.

Um usuário do Reddit (um fórum) mapeou os lugares visitados. Se ficou com vontade: Listagem dos locais.

A saga

Episódio 10: Caramel Pudding - Kantaro: The Sweet Tooth Salaryman

Divulgação | Netflix

Assim, fiquei quase um mês com siricutico por pudim. E sim, gente, pudim tem leite (O que é Intolerância à Lactose?). Eu sei. A gente não escolhe o que amar vai ficar com desejo de comer.

Para variar ou não, fui chorar as pitangas no stories do Instagram (segue a gente!). E não sei se foi a melhor ideia… pois começou o bullying geral. Muita gente começou a me mandar fotos e vídeos de pudim! Fiquei com mais vontade ainda.

E nesse meio tempo, outras pessoas mais generosas deram várias dicas de onde eu poderia encontrar o tal pudim! Em tempo: na época, eu não poderia fazer pudim em casa por vários motivos.

Habib’s?

A sugestão que chamou atenção e foi bem recorrente foi o Pudim do Habib’s. Confesso que quando eu li isso, fiquei em choque. Nem sabia que o Habib’s tinha pudim para começo de conversa!

Tempo vai, tempo vem… e o destino conspirou ao meu favor (talvez?). No trajeto que sempre tinha que fazer, havia um loja do Habib’s. Encarei isto como sinal… e por fim, resolvi experimentar a sobremesa deles.

Será que vale a pena?

Pudim do Habib’s

Pudim do Habib's por PratoFundo.com

Marca: New Italian Fast Food (produzido)
Origem: Brasil
Preço: r$7,90
Embalagem: 140g
Calorias por 100g: 197kcal
Joinha: a textura é bem cremosa e aveludada, sem nenhuma granulosidade, menos doce do que imaginei, sem tant cara de industrializado
Desjoinha: é uma porção pequena pelo preço; senti um sabor de fundo que não é tão comum em pudins
Ranking: #5/#10 Humm

Pudim do Habib's por PratoFundo.com Pudim do Habib's por PratoFundo.com Pudim do Habib's por PratoFundo.com

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

3 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Oi Victor!
    Já vi a série toda há mais ou menos um mês a trás. Foi pelos doces mesmo pq acho muitooo exagerado (coisa bem de japonês mesmo). Recomendo vc assistir samuray gourmet e midnight tokyo dinner. São bacanas!
    Qto a pudim de leite passo. Depois da gravidez peguei nojo hahaha. Engraçado né?
    Um abraço
    Yvis

  2. Obrigada agora por me deixar com vontade. Melhor adicionar leite condensado na lista do supermercado da semana. :D

Trackbacks/Pingbacks

  1. Long Long Man: Comercial Japonês Estilo Dorama do Doce Sakeru Gummy Candy | PratoFundo

    […] Quando eu falo que o Japão não é tão inocente quanto o ocidente pensa… me olham como seu eu fosse um alien. Claro, tem muitas coisas incríveis, mas na mesma proporção de coisas diferentes. Como eu já havia cantado esta bola quando falei do Kantaro. […]

«

»