Pão de Leite Fácil e Macio

Pão de Leite Fácil por PratoFundo.com

Um pão de leite bem versátil. dá para fazer recheado, inteiro, recheado, no formato de hambúrguer e até de cachorro quente. Um verdadeiro coringão.

Devo esta receita a minha colega de profissão, a Nina do Gourmandise: Pãozinho do Joana Francesa.” Nina não fica brava tá?

Alterei as quantidades para deixar uma versão um pouco menor. Se você souber dos paranauês da porcentagem de panificação notará que a quantidade de fermento é grande, mas isso acabou virando proposital mesmo. Na primeira vez, foi um erro de cálculo, mas que agregou ao pão!

E sim, a gente usa fermento biológico seco instantâneo mesmo. Particularmente, acho muito mais fácil de manter… tem uma durabilidade bem maior que o fresco. Funciona que é uma beleza também. O formato fica ao seu critério, mas nesta sugestão fiz no formato de hambúrguer

Pão de Leite Fácil e Prático

Pré-preparo: 20 min
Tempo de cozimento: 1 h 30 min
Total: 1 h 50 min
Rend.: 2 pão grande (~350g/cada) ou ~16 unidades médias
Autor: Vitor Hugo

Ingredientes

  • 10 g fermento biológico seco instantâneo
  • 70 g açúcar cristal
  • 360 mL leite integral (morno)
  • 02 ovos
  • 120 mL óleo vegetal sabor neutro
  • 500 g farinha de trigo ( + ~200g para dar o ponto/sovar)
  • 06 g sal refinado
  • 1 ovo (batido para pincelar; opcional: )

Modo de Preparo

  • Aquecer o forno em 180ºC. Untar com manteiga fôrmas redondas (de fundo-falso do tipo anel), polvilhar farinha apenas mas laterais. Cobrir a base com papel manteiga e passar manteiga também. Se forem com 24cm de diâmetro: 02 fôrmas; se for de 20cm: 03 fôrmas.
  • Numa tigela misturar fermento biológico, açúcar e leite. Reservar por 5 minutos.
  • Junte os ovos e óleo. Misture bem.
  • Adicione os 500g de farinha de trigo, aos poucos, misturando. A massa estará pegajosa ainda.
  • Acrescentar o restante da farinha (200g) ao poucos, misturando muito bem. Irá grudar menos nas mãos, mas ainda estará umidade. A massa é macia. Sovar por 5-8 minutos.
  • Retorne na tigela, cubra com filme plástico (ou pano). Fermentar até dobrar de tamanho. O tempo varia de 45-60 minutos.
  • Retire o ar rapidamente da massa. Modelar do formato desejado. Para pães estilo hambúrguer, dividir a massa em bolinhas de 125-130g. Bolear para deixar o mais redondo possível.
  • Dispor as bolinhas ou o pão grande na fôrma escolhida. Pincelar o ovo batido.
  • Fermentar por 40-45 minutos para dobrar de tamanho, o tempo é variável de acordo com a temperatura.
  • Assar em forno ja aquecido a 220ºC, asse por 10 minutos. Diminua a temperatura para 180ºC e continue por mais 15-20 minutos.

Você fez a receita? Me marca @PratoFundo ou deixe um comentário & avaliação!
Pão de Leite Fácil e Prático por PratoFundo.com

Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Cientista e Cozinheiro que juntou duas paixões Ciência e Comida: a melhor combinação que existe! Diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

22 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Oi Letícia,

    Claro que pode, sem problemas! Só peço que coloque no texto créditos para Nina e para mim, tudo bem? :)

  2. Oi, Vitor! Fiz os pãezinhos do Joana Francesa na semana passada, seguindo a receita que você publicou. Você se importa de eu publicá-la no meu blog? A foto e o texto serão meus, mesmo, tá ;-)

    Beijos!

  3. Vitor!!Este pao é tudo de bom,já fiz umas 3 versoes dele e já tenho meus visinhos reclamando de tanto pao que dou para eles comerem diariamente hahahaha,adorei!!!
    Abraço

  4. @Michel: vou fazer logo, logo! :D

    @Paula: aaaeee! Mais um blog de comida, bem-vinda ao clube! :)

    @Dani: é uma receita ótima, vale a pena!

    @Henriqueta: então, eu disse no texto que rendia bastante…. =/

  5. Olá Vitor,
    Fiz este pão no sábado (17/08) e achei que rendeu muito (11 de 100 grs – estilo hamburguer – segui a receita).
    Muito gostoso, macio, fácil e continua fofo no dia seguinte.
    Beijos
    Henriqueta
    (sempre passo por aqui)

  6. Oi Vitor adoro suas receitas e venho acompanhando desde a sua entrevista no Trem bom. Fiz muitos pães ontem tbm, aaaamo pães e faze-los mais ainda.
    Adorei esse pão e já peguei essa receita, vou testa-la qq dia desses.
    Obrigada

  7. Oi Vitor,

    estou sempre visitando seu Blog e acabei me inspirando em montar o meu. Trabalho na area a muito tempo mas é sempre muito legal trocar conhecimento. Se tiver um tempo me visite, vou ficar feliz.

    Um abraço

    PAULA

  8. @brisa: agradeço! :D Essa receita de Nina é matadora, excelente! :D Gostou do vídeo? hehehe Não morreu de susto? :)

    @Silvia: ah, sem dúvida. Não é a mesma coisa do de leite, a textura é um pouco diferente, mas eu gostei muito.

    @Letícia: o miolo é ótimo, o pão idem. Não esfarela, fica fofinho, comer com manteiga e café é ótimo também, heheh

    @Júlia: opa, seja bem-vinda! :D Pode entrar e ficar à vontade. Essa receita da Nina, estava com vontade de fazer a décadas quando fiz na primeira vez me perguntei porque não tinha feito antes, heheheh

    @Luciana: pão eu gosto mais de fazer do que de comer, hahaha Eu como, mas o processo de fazer eu acho tão legal, heheheh

    @Valentina: que isso! :)

    @Nina: uahuahua sério que ela não gosta? Ainda vou tentar a versão integral e com centeio tenho uma boa quantidade delas em casa, heheh Agradeço a receita, excelente! :D

    @Fabrícia: que isso, a receita que é boa mesmo, só fui a pecinha pra mexer, hehehe Ah, sério? Achava que groselha fosse docinha! :O Nem me fala nas cerejas, já ouvi histórias babantes sobre as outras variantes… aiaiai, um dia quem sabe.

    @Leila: ficaram bem bons, :D

    @Pat: também, dava uma dó de jogar o fermento….

    @Linda: boa pergunta, tentei encontrar essa farinha especial da fleischmann, mas não encontrei por essas bandas de cá. Assim, prefiro usar farinhas de qualidade, essa última vez usei da marca Renata. Normalmente, uso a Farinha Dona Benta (tem uma versão especial puríssima, mas não testei ainda).
    Num outro tipo de pão, usei a marca Sol e o pão ficou horrível. Desde esse dia prometi nunca mais usar essas farinhas estranhas para pão, ao menos.
    Mas o que é que você quer fazer aqui? É Perto do Fim do Mundo (PFM), não tem nada, nada, nada. É capital, mas mega provinciana! E tudo caro. heheheh

    @Felipe: que isso! :) Os méritos são da Nina por ter compartilhado essa receita conosco!

    @Izumi-sama: ó pra você: atama kabotya! uheueheuhe :X Depois que li o seu comentário fiquei na vontade agora! Grrrr… se eu não tivesse compromissos esse fim de semana, certeza que iria fazer! :D

  9. Estes pães estão divinos.
    Ah! Postei a receita do pudim de tapioca.

    abs.

  10. VH-san:
    Uh urruuuh….estou quase virando kabotyá (vamos testar o seu japones…rs) de tanto sono, mas ao ver o seu pãozinho uma imagem (induzida por vc, é claro) pululou em minha cabeça…CACHORRO QUENTE COM PÃO CASEIRO!!!!!!!!!!!!!!!nhammmmmm….comeria agora um completo com batata palha e tudo que tenho direito….e é claro, acompanhado de UMA COCA LIGHT!!!hahahaahah…

  11. Hmmm, interessantíssima essa receita, mais uma vez seu site continua delicioso e surpreendente!

  12. Oi Vitor, seus paes ficaram com cara de mto apetitosos.Vc usa farinha especial para paes? Aqui em JF nao encontra essa tal farinha, mas tem uma distribuidora da fleischan aqui perto da minha casa, vou la perguntar se eles tem. Acho engraçado qdo vc fala que ai é “mato”, pois vou te contar um segredo, sou louca pra mora em Campo Grande, nao me pergunte o motivo, so sei que ainda vou morar ai.bjs

  13. Ficaram lindinhos – parecem super macios!
    Tenho optado por usar o fermento seco porque o fresco tem um prazo de validade muito curto e acabava jogando uns quadradinhos no lixo…

  14. Hugo, ficaram super fofos! uma gracinha.

    beijnhos

  15. Mas que lindos esses pães. receita da Nina nas mãos do Vitor só pode ter ficado delicioso.

    Quanto à pergunta sobre a groselha não é idiota não….ótima suas perguntas …..
    A groselha in natura é bem azedinha, amarra a boca. Tem uma sementinha bem pequenininha …. achei uma delícia mesmo sendo azeda. Muito diferente daquele xarope doce e colorido que encontramos na terrinha. Alias estou com uma garrafa dele aqui e sem idéias para usar…..quem sabe um sorbet….

    Você iria ficar alucinado elas cerejas que encontramos por aqui…enormes e doces como o mel….aiaia. As amarelinhas são ainda mais doces que a vermelhas … importadas da California.

    Grande abraço para ti,
    Fabrícia.

  16. Acredita que nunca fiz este pão com outro formato?! Ainda faço muito esta receita, recheando com diversas coisas. Um dos poucos que a minha irmã come (ela não gosta dos meus integrais).
    Os seus ficaram bonitões!
    bjocas.

  17. Ficaram absolutamente lindos.

  18. Estou na fase dos pães, não sódecomer como também de fazer. O nome já diz pão´…lindão.

  19. Vitor,faz pouco tempo que conheci teu blog e estou achando ótimo!!E estes paes,que lindos,fazia tempo que buscava uma massa assim de pao de leite,mas os teus superaram minhas espectativas.Parabens!
    Júlia

  20. Afff, mais um pão para a minha interminável lista… ficou muito apetitoso, Vitor. Que miolo bonito.

  21. Uau, a cara é muito melhor do que a dos pães de hamburguer de padaria! Vai para minha lista!

    X)

  22. Oi Vi(c)tor:)) Gostei da dica..teus paezinhos ficaram perfeitos!! (o video do outro post ficou bem legal tb..acho que estou precisando ouvir mais portugues..:))

    Abs

    bri