Risoto de Cogumelos

O que fazer num almoço de segunda-feira com praticamente nada na geladeira? Ovos, cebolas, manteiga… olho para o armário e o arroz arbóreo dando sopa. Mas risotto de quê? Lembrei do pacotinho de cogumelos Chanterelle secos que havia ganho faz um tempo, um ingrediente que não tinha mexido até então.

Risoto de Cogumelos por PratoFundo.com

Quanto ao cogumelo… o gosto é melhor do que o cheiro dele cru. Tudo bem que no prato senti e não senti o gosto. Tentando explicar melhor: se tirasse ele, iria notar a diferença, porém sem saber o quê direito, sabe? Tem gosto, mas não é algo usual… tem um quê de carne e de coisa da “terra”. O que importa é: gostei e faria de novo, fácil.

Para o cozimento do arroz utilizei caldo de camarão que habitava o congelador. Não creio que fez lá muita diferença, mas o resultado agradou. Use qualquer caldo que desejar, sugiro de legumes ou de frango por serem mais claros e suaves. No fim do artigo, coloquei uma sugestão de caldo de legumes ligeiro.

A gente sabe que em italiano risoto é risotto com dois “t”, mas na busca do Google em português é quase impossível de ser encontrado.

Risoto de Cogumelos

Risoto de Cogumelos Chanterelle

  • Pré-preparo: 10 minutos
  • Tempo de cozimento: 40 minutos
  • Rendimento: 1 porção
INGREDIENTES
  • 1/2 xíc. água fervente
  • 10 g cogumelos Chanterelle secos (ou outro cogumelo seco)
  • 1/2 xíc. arroz arbóreo (arroz para risoto)
  • 1/4 cebola média (picada ou ralada)
  • 2 c. sopa azeite
  • 1 c. sopa manteiga sem sal
  • 3/4 xíc. vinho branco seco
  • 4-5 xíc. caldo de legumes (ou água quente)
  • 20 g queijo parmesão (ralado)
  • 10 g manteiga sem sal (para mantecare)
  • Sal refinado (a gosto)
  • pimenta-do-reino moída (a gosto)
MODO DE PREPARO
  1. Hidrate o Chanterelle e água fervente, deixe repousar por 15 minutos. Drene e corte em pedaços menores. Junte a água de hidratação ao caldo sem deixar que as partículas (as sujeiras) no fundo se misturem com o todo.

  2. Numa panela, refogue a cebola com o azeite e a manteiga até ficar transparente. Acrescente o cogumelo cortado e refogue bem. Junte o arroz arbóreo, refogue até o grão ficar ligeiramente transparente. Adicione o vinho branco seco e mexa constantemente e quando secar, coloque o caldo que deve estar em em ponto de fervura. Tempere.
  3. Vá adicionando mais caldo a medida que seca. Para essa quantia de arroz, em média, irá precisar de 4 xícaras (~1L) para que ele fique al dente. Se quiser mais macio, adicione mais caldo e prove. Acerte o sal.
  4. Quando o arroz atingir o ponto desejado, retire do fogo e junte o parmesão ralado e a manteiga. E mexa com vigor. Isso se chama mantecare que garante a cremosidade do risotto.
  5. Alguns recomendam esperar 5 minutos antes de servir… servi na hora e foi tudo bem. Se desejar, polvilhe mais parmesão ralado.
Você fez a receita? Marca a gente @PratoFundo ou tag #PratoFundo!
Risoto de Cogumelos

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

6 Comentários (Deixe o seu!)
  1. que legal legal mesmo

  2. Huuum, quero fazer agora, estava mesmo atras de receitas de risotos. Dá pra fazer com champignon? nesse caso acrescento os no final??
    Obtrigada.
    Camila

  3. nossa, mal entrei aqui já vou comentar :-)

    eu adoro cantarela e agora aqui é época, tem uns miudinhos no supermercado, deliciosos e quando tenho sorte, acho alguns na floresta, mas como tem estado muito seco por aqui, os cogumelos estao raros.

    minha filhinha de 3 anos ama risotos!

  4. Unhm!!!
    Que delícia…deu aguá na boca!!!

    Amo risotto!
    Á alguns dias atraz aprendi á fazer um Risotto de radicchio rosso e mascarpone com o Chef Giancarlo Marcheggiani maravilhoso!
    Beijos!

  5. Nossa, sensacional!!!!
    Deu vontade de fazer risoto aqui, mas não tenho arroz arbóreo.

    beijo, Emi.

  6. Que combinação fabulosa!!
    Beijinhos,
    Lia.

«

»