Como se faz: Molho de Tomate Picante

Não existe lá muitas apresentações para o molho. É praticamente o molho de tomate básicão, porém apimentado com pimenta dedo de moça. Gosto de uma pimenta, você não tem ideia como!

Molho de tomate dentro de recipiente de porcelana

Desta vez, fiz com tomate mesmo. Sabe como é que é, estavam por um preço bacana e bem maduros! Normalmente, faço a receita com tomate italiano enlatado conservador em suco de tomate. Caso nunca tenha feito, experimente! Vai que você gosta? Eu gostei e não largo mais.

Molho de Tomate: Preparo dos Tomates

Passo a passo do tomate com a retirada da casca

Para esse molho, optei por usar o tomate em concasse: nada mais nada menos que tomate sem pele. Para isso, usei o método de retirar a pele do tomate em água quente como o passo a passo mostra.

Primeiro precisa ferver a água em uma panela grande, depois marcar com um X cada tomate com uma faca. Depois colocar na água quente e deixar por alguns minutos até a pele começar a se soltar. Então, fazer um choque térmico, colocar os tomates em uma banho de gelo. E só retirar a pele!

Retirando a polpa e sementes do tomate

E também quis remover parte da polpa e sementes do tomate, passe a polpa por uma peneira!

Como se faz: Molho de Tomate Picante | PratoFundo

Molho de Tomate Picante

Pré-preparo: 10 min
Tempo de cozimento: 1 h 10 min
Total: 1 h 20 min
Rend.: 500 mL
Autor: Vitor Hugo

Ingredientes

  • 2 dentes alho
  • 1 cebola (cubos bem pequenos)
  • 8 tomates rasteiros (bem maduros)
  • 1-1,5 c. chá pimenta dedo de moça (cerca de 1 und; picada)
  • 2 c. sopa manteiga (sem sal)
  • 1 c. sopa sopa de azeite
  • Sal a gosto
  • Opcional: 1/2 colher chá de açúcar cristal (se necessário)

Modo de Preparo

  • Corte a cebola e rale o alho. Também é possível processá-lo para obter uma pasta. Reserve.
  • Corte a pimenta dedo de moça no sentido do comprimento e retire as sementes, corte cubos bem pequenos. As sementes foram retiradas para deixar menos picante, caso goste, não retire. Reserve.

RETIRAR PELE DO TOMATE

  • Coloque uma panela com água para ferver, grande +1L. Com os tomates já higienizados, faça um “X” na casca na parte de baixo deles, não precisa ser profundo o corte. Assim que a água chegar no ponto de fervura, coloque os tomates (se a panela for pequena, faça por etapas).
  • Nisso, prepare uma tigela com água gelada e gelo. Quando a casca começa a retrair (1-2 minutos), retira e faça o choque térmico para interromper o cozimento. Reserve por 2-3 minutos. Depois é só puxar a pele que sairá facilmente. Retira o procedimento até acabar os tomates.
  • Retire o miolo dos tomates, não descarte-a. Coe toda a polpa, terá como resultado um “suco”, descarte as sementes. Esse líquido será usado no molho também. Corte os tomates em cubos pequenos para facilitar e agilizar o cozimento.

FINALIZAR O MOLHO

  • Numa panela grande, refogue na manteiga e azeite a pimenta dedo de moça. Em seguida, a cebola e o alho até ficar transparente sem deixar queimar. Junte o tomate picado e mexa para homogeneizar, acrescente o líquido coado. Mexa.
  • Abaixe o fogo para o mínimo possível, acrescente cerca de 250mL de água (1 xícara). Deixe cozinhar por no mínimo 30 minutos e de tempos em tempos acrescente mais água e mexa.
  • O molho produzido cozinhou por 1 hora e nesse meio tempo foi corrigido o sal e a pimenta dedo de moça, e para deixar mais pastoso foi usado um amassador de batatas para amassar os tomates. Não foi necessário colocar açúcar para quebrar a acidez devido ao tempo de cozimento e o ponto de maturação dos tomates, mas caso precise, coloque.
  • Utilize o molho como desejar. Minhas sugestões: na pizza, com pasta em geral (lasanha e macarronada), acrescentar folhas de manjericão, com frango.

Dicas

  • Tomate enlatado: é possível substituir os tomates por duas latas de tomate sem pele conservados em suco de tomate. O tempo de cozimento será menor, cerca de 45 minutos.
  • Maduros: estavam maduros, mas não tão maduros assim, por isso a diferença na cor.
Você fez a receita? Me marca @PratoFundo ou deixe um comentário & avaliação!

Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Cientista e Cozinheiro que juntou duas paixões Ciência e Comida: a melhor combinação que existe! Diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

17 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Muito boa a receita!
    Lembro-me de ter experimentado um molho de tomate apimentado em algum restaurante mexicano que oferecia essa opção (e que eu nunca tinha visto antes), acho que foi no Yucatán, mas não tenho certeza.
    Parabéns pelo trabalho!

  2. O bouquet vc pode fazer de mil maneiras, varia do prato e do gosto eu só dei a minha sugestão.

    Eu só coloquei o meu ponto de vista, que é o meu modo de fazer o molho.

    E algumas dicas de como melhorar o prato.

    Abraços

  3. Henrique,
    Como eu digo no video e deixo implícito no texto, esta é a minha versão. Não é para ser unanimidade, aliás, nada deve ser. Por exemplo, o bouquet garni eu faria com outras ervas, viu? :)

  4. Camila, se você usar tomates italianos, provavelmente não terá problemas com acidez.

  5. Tem algumas coisas que não concordo nesta receita:

    1) Não se usa a semente coada porque deixa o molho ácido.

    2) Colocar manteiga não achei muito legal, se fosse um bolonhesa caíria perfeitamente, mas ao sugo é melhor só o azeite mesmo.

    3) A pimenta eu aconselho colocar depois que a cebola for refogada, para ela não queimar e ficar ressecada. E o gosto fica no azeite do mesmo jeito e ainda conserva melhor o sabor da pimenta. Outra coisa, eu prefiro a cebola bem picada do que processada.

    4) Uma dica preciosa é vc salgar os tomates picados antes e deixá – los descansar,em uma peneira, durante uma meia hora pelo menos. Depois de refogar a cebola, vc coloca os tomates picados e o caldo que solta deles. Esse processo é tão bom que vc não precisa adicionar água para cozinhá-los, o que deixa um sabor meio aguado

    5) Colocar um boquet garni ali daria uma outra dimensão para o prato => bouquet garni: 1 talo de salsão, 1 folha de louro, 2 ramos de tomilho e alguns ramos de salsa crespa.

    Espero ter ajudado,

    Abraços

  6. Camila,

    O jeito, digamos mais “natural”, é deixar cozinhar por algumas horas. O bicarbonato realmente pode diminuir a acidez por ser um sal básico, porém pode também alterar o sabor do produto. Entre ele o açúcar, ficaria com o açúcar. A quantidade é pequena e acaba sendo diluída no todo.

  7. Vc sabe alguma maneira de tirar a acidez sem ser colocar açúcar. Já li em algum lugar que dá pra usar bicarbonato de sódio.

  8. Deve dar um chãn no prato, com certeza!

  9. Leilane,

    Olha, processador mesmo, eu nunca tive. Tenho um mini que é parte de um conjunto que veio com o mixer. Então, não saberia dizer se alguma marca é melhor do que outra nesse quesito.

  10. Oi Victor, vc não me conhece eu assino o seu feed, e gosto muito dos seus comentários e receitas, hj vendo esse molho achei legal ter uma opção picante de molho de tomate, que eu gosto tanto, bjs
    Maura

  11. Oi Vitor Hugo, adoro cozinhar, testar novas receitas e inventar pratos novos. Considero a arte de cozinhar uma verdadeira alquimia. Tenho acompanhado diariamente seu blog e já sou sua fã. Hoje preparei O Melhor Bolo de Banana do Mundo, e acredito que deve ser mesmo, ficou igual o da foto e delicioso. O toque da laranja e as raspas deram um sabor todo especial à receita.
    Todos os dias venho correndo até o micro a espera das suas novidades.
    Um grande abraço,
    Cida

  12. Olá Vitor!
    Conheci seu espaço há pouco tempo e estou adorando todas as suas receitas e dicas. Esse molho parece ser mto saboroso e já anotei no meu caderninho de receitas.
    Obrigada!

  13. Grande Vitor
    A verdade se esconde na simplicidade!
    gostei da receita, parece com o molho que faço, vou testar essa versão hoje numa lasanha!
    no ar meu blogfólio, dê uma passadinha!
    abrax
    Minduim

  14. Obrigada pela sugestão fantástica!
    Beijinhos,
    Lia.

  15. vitor…
    adorei as fotos, nao consegui ver o video.(minhainternettaumabosta)
    os tomates vermelhinhoooss.
    bela receita.
    bjs

  16. Gostei da sua receita de molho. Esses dias parendi um molhinho picante bem legal, com tomate, cebola e pimentão cozidos à vapor e processados depois. Queria pedir uma dica Hugo. Aos poucos estou montando minha cozinha e nesse momento quero adquirir um processador. Você indica algum produto ou marca?

Trackbacks/Pingbacks

  1. Gazpacho — Prato Fundo

    […] poderá interferir na cor final da sopa. – Tomate: veja como remover a pele do tomate no artigo Como se faz: Molho de Tomate Picante. Link curto e Twitta […]