Semente de Papoula Não é Proibida

Semente de Papoula: Não é Proibida

Sempre que uso semente de papoula em receitas (Bolo de Limão Siciliano & Papoula) vem à tona a suposta proibição na comercialização do produto.

O mesmo aconteceu com a flor de sal (Flor de Sal: Sempre Foi Proibida), ou seja, a discussão é mais superficial do que deveria. Aquele disse-que-me-disse que corre solto.

Então, aproveitei para falar um pouco sobre esse ingrediente que dependendo da cultura é vastamente utilizado. As informações vão um pouco mais além do que a gastronomia. Vamos lá?

Legislação

No Brasil, o comércio da semente de papoula é regulamentada pela Resolução RDC nº 239, de 28 de agosto de 2002 da ANVISA (link alternativo).

Parágrafo único. No documento de que trata o caput deste artigo, deve constar ainda que o objeto da importação não é proveniente de países que transformam drogas apreendidas e confiscadas em opiáceos lícitos.

Art. 3º Determinar que os estabelecimentos importadores de sementes de dormideira (Papaver somniferum L.), devem apresentar à ANVISA, no momento da solicitação da anuência na Licença de Importação – LI, documento emitido pelo órgão competente do país Exportador, no qual deve constar que o objeto da importação provem de cultivos lícitos, autorizados pela JIFE.

Essa informação é encontrada no site da ANVISA (a busca da legislação precisa de uma atualização urgente). Na época que a papoula sumiu do mercado, idos de 2008-2009, entrei em contato com ANVISA que me respondeu via Gerencia de Produtos Especiais (GPESP) negando a tal proibição e indicando a resolução.

O fato é que ficou mais burocrático a importação devido as exigências de documentação, e com toda certeza um aumento no custo também ocorreu. Sim, eu sei. ANVISA não é perfeita, muitos pontos da legislação sobre alimentos poderiam ser revistas, mas até lá, a agência continua sendo a única fonte realmente confiável. Afinal, estamos falando de leis, resoluções e afins.

O que é Papoula?

Papoula (Papaver somniferum L.) é uma das várias espécies do gênero Papaver que fazem parte da família Papaveraceae. Isso, existem vários tipos de papoula, porém a única produzida em larga escala é a P. somniferum, a partir dela derivam as sementes e os medicamentos opiáceos.

O ópio é o látex seco retirado do fruto da papoula. Exatamente, o fruto ao ser riscado libera um líquido branco que lembra o látex da seringueira ou do mamão verde. São produtos diferentes, mas a aparência é a mesma. É uma mistura formada por morfina, codeína, papaverina e outras substâncias. Os dois primeiros são os mais importantes (como medicamento).

Inscreva-se no canal do PratoFundo

Morfina é usado como medicamento, um analgésico opióide, apenas em ambientes controlados (hospitais e pesquisas) por ser extremamente potente. Para se ter uma comparação, é para aliviar a dor visceral (dos órgãos internos), diferente dos analgésicos normais (no geral são antiinflamatórios). Devido ao seu modo de agir no corpo, também pode causar constipação severa.

Já a codeína é usada em xarope para tosse que também necessita ser usado com cautela, além de ser vendido com retenção da receita.

Semente de Papoula: Não é Proibida

E a semente?

A semente de papoula vem do mesmo lugar que ópio, porém em momento diferente. Para produzir as sementes o fruto deve estar maduro e então, seco para retirá-las. Enquanto o ópio é extraído com o fruto ainda verde, e as sementes não estão completamente formadas.

Devido a sua composição, as sementes são basicamente 50% gordura, também é possível fazer óleo de semente de papoula. Precisam ser armazenadas muito bem, podem ficar rançosas bem rápido com essa quantidade de gordura.

Como são bem pequenas, segundo McGee para formar um grama é necessário cerca de 3.300 e para um quilo mais de 3 milhões. A coloração azulada na verdade seria uma ilusão de óptica, vistas no microscópio as sementes se apresentam marrons.

Ficam com esse tom azulado por causa de uma camada de cristais de oxalato de cálcio que agem como prismas que refratam a luz de um modo em que vemos a faixa azulada da luz branca.

Semente de Papoula: Não é Proibida

As sementes contém traços das substâncias que compõem o ópio, devido a isso, dependendo da quantidade ingerida um exame para opióides (drogas de abuso) dará um falso-positivo. Depende da sensibilidade e valor de cortes usados no teste. Esse “mito” foi analisado pelo Mythbusters (não é lá uma fonte científica muito confiável, mas usaram os kits de testes que seriam usados num avaliação usual) e estudos científicos puseram a prova essa possibilidade, e todos mostraram um resultado falso-positivo.

Como sempre, é necessário analisar a situação com uma visão macro para englobar o bem-maior que pode afetar diretamente a sociedade como um todo. O ópio é um produto natural, mas extremamente perigoso. Não entrei em detalhes, mas a partir dele pode ser feito a heroína. Uma droga absurdamente potente, a base química dela é a morfina. Causa dependência e há risco de morte.

Agora sou eu especulando, é mais fácil dizer que foi proibido do que explicar o real motivo? Se isentar da culpa? Jogar a culpa em outros? Não sei o porquê dessa prática, porém, creio que todo mundo perde propagando uma informação errada, sendo que a verdade é tão mais simples.

As sementes que tenho foram todas presentes. E sim, poder vir de fora não pode. O fiscal na alfândega pode reter sim o produto, a menos que você tenha a documentação necessária. Na maioria dos casos, passa. Mas sei de pessoas que tiveram as sementes apreendidas.

Bibliografia

Semente de Papoula: Não é Proibida
Você lendo o PratoFundo: site totalmente independente sobre comida possível com receitas para o dia a dia, ocasiões especiais, e associado a Ciência de Alimentos. Gostou do nosso conteúdo? Você pode ajudar, APOIE O PRATOFUNDO!
Artigo por: Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Farmacêutico, Produtor Gastronômico e Comunicador de Ciência de Alimento. Uma combinação diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

39 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Olá, Vítor Hugo! Comi um bolo em Buenos Aires de limão com sementes de papoula e fiquei encantada pois já conhecia a semente na salada, no bolo foi divino. Cheguei de viagem fui procurar as tais sementes no Brasil e não encontrei, frustação total.
    Lendo sobre o sumiço das sementes encontrei a resposta. Lamentável essas burocracias que o Brasil tem.

  2. A minha infância minha mãe sempre usou papola para comidas pães o doces. ” Mákos Beigli ” um doce maravilhoso !!!
    Gostaria comprar, mas não sei aonde.? Quem proibiu não sabe de nada !

    1. Verdade. Aqui no Brasil é tipo impossivel achar doces e paes como papola. Mas la na Polonia se vende paes e doces em qualquer padaria. Vai entender…

  3. Victor,
    O Mercado Livre Tem Em Abundância Vendedores De Semente De Papoula.
    Os Preços Variam De R$79,90 A 130,00. Não Sei A Procedência, Mas Presumivelmente São Importadas Com Autorização Legal.

    1. Né por nada não, mas mercado livre não é bem sinônimo de procedência legal.