Bala de Coco Recheada: Cozida e Sem Ir Ao Fogo

Nos últimos anos a novidade foi a renovação da tradicional Bala de Coco que agora vem recheada. Existem várias maneiras de fazer isso, cada um com as suas vantagens e desvantagens. Tem até a versão da bala não cozida.

Bala de coco recheada em detalhe

Mostro como fazer de duas maneiras em que a gente faz um massinha para ser recheada. A versão mais roots é quando a bala é recheada ainda semi-quente durante o processo de puxar a bala. Sim, o recheio é puxado junto com a bala em si. É um pouco mais complicado: conseguir conciliar os pontos da bala e do recheio.

A versão com massa é um pouco mais fácil. E o recheio pode ser praticamente qualquer coisa, porém deve ser um pouco consistente para não amolecer de mais a bala por causa de umidade em excesso.

Mas a pegadinha é: a versão cozida precisa da bala de coco seca pronta. A massa é feita com bala de coco em pó umedecida com leite de coco até virar uma pasta maleável.

E a versão não cozida utiliza açúcar impalpável com leite de coco para molhar e virar a massa. Para ela existem versões diferentes também, algumas colocam mais amido de milho para dar a liga. Particularmente, eu não gostei. Eu sinto o sabor de amido cru na bala final.

No geral, a bala de coco recheada fica com mais sabor do recheio em si. A versão cozida tem um coco de fundo, mas sútil. Já a não cozida, eu não sinto quase nada de coco.

BALA de Coco RECHEADA: Cozida e SEM IR AO FOGO | #PF10anos // PratoFundo

Bala de coco recheada em detalhe
Gif para se inscrever no canal do PratoFundo no Youtube

Bala de Coco Recheada de Brigadeiro

Pré-preparo: 1 d
Tempo de cozimento: 40 min
Total: 1 d 40 min
Rend.: 170 unidades
Autor: Vitor Hugo

Ingredientes

Ingredientes: BALA COZIDA

Ingredientes: BALA NÃO COZIDA

  • 150 g açúcar confeiteiro impalpável
  • 21 g leite de coco integral (é por peso mesmo)
  • 50 g coco seco ralado

Ingredientes: BRIGADEIRO

  • 395 g leite condensado (01 lata/caixa)
  • 40 g manteiga sem sal
  • 10-15 g cacau em pó (100% cacau)
  • 25 g chocolate meio amargo (picado, opcional)

Modo de Preparo

Modo: BRIGADEIRO

  • Numa panela junte leite condensado, manteiga, cacau em pó, chocolate. Misture bem.
  • Levar ao fogo médio mexendo sempre até chegar no ponto de brigadeiro, cerca de 10 minutos. Quando começar a soltar da panela, mas deve ficar cremoso ainda. Fica na linha tênue: mantém a forma, mas ainda é maleável.
  • Transfira para uma manga de confeitar. Reserve.
  • O recheio da bala pode ser, tecnicamente, de qualquer sabor. O importante é que seja firme o suficiente, pois ele que irá ajudar a manter o formato da bala.

Modo: BALA

  • As balas de coco devem estar secas, ou seja, açucaradas no ponto de bala de coco seca. Por isso, o tempo de pré-preparo é de 24 horas. Para dar tempo das balas secarem completamente.
  • Triturar as balas no processador para virar um pó bem fininho. Faça aos poucos e vá peneirando para recuperar apenas o pó mais fino. Pode ser no grande normal ou nos pequenos que vem com mixer, só vai demorar bem mais. Faça isso com todas as balas.
  • O pó será usado para ficar uma massa quando ele for umedecido com leite de coco.
  • A quantidade de leite de coco pode variar. Nos testes cheguei na proporção de 12-13% de leite de coco: a cada 100g de pó de bala de coco será necessário cerca de 12-13g de leite de coco.
  • A bala não cozida é o mesmo processo a partir dessa etapa: ir colocando o leite ao poucos e misturando. Como o açúcar já está em pó, não precisa triturar nada.
  • A quantidade de leite de coco pode variar dependendo de como fizer a massa: se misturar manualmente será necessário mais leite de coco, cerca de 01g a mais. Se fizer pulsando no processador, a quantidade ficar em cima da proporção dada. Sempre coloque aos poucos, e vá mexendo sempre.
  • Caso coloque muito leite de coco, só adicionar mais pó de bala de coco.
  • O ponto da massa lembra pasta americana e biscuit. Ela fica semi pegajosa, mas não deve ficar quebradiça. Deve manter uma coesão sem esfarelar.
  • Mantenha protegida o tempo inteiro, ela sobre influência da umidade: pode absorver ou perder. A sugestão é fazer a massa e já rechear, pois ela vai ressecando a medida que o tempo passa.
  • O recheio pode ser feito antes de transformar a bala em massa, mas não antes de transformar a fala em pó. Usar o recheio morno (se for brigadeiro), facilita na hora de pipetar da manga de confeitar.

Modo: RECHEANDO

  • Abrir um saco plástico deixando sobras em todas as direções.
  • Pegar uma pedaço da massa (~50g), fazer um cordão bem uniforme sobre o plástico.
  • Achate levemente o cordão de massa, cubra com o plástico e com um rolo abra um retângulo com cerca 07cm de altura, o comprimento fica em torno de 16cm e a espessura ~0,2cm. Remova o plástico da superfície da bala.
  • Distribuir o recheio praticamente no meio da massa aberta, deve ser um cordão uniforme. Por isso o uso da manga de confeitar, fica mais fácil.
  • Com a ajuda do plástico da parte de baixo da massa aberta, cobrir o cordão de recheio com a massa de bala. Formando um cordão de massa com o recheio no meio e no ponto onde as massas se juntam pressione bem.
  • Para fechar a cicatriz da massa de bala, use uma espátula reta e pressione em ângulo (45º) para selar completamente o cordão recheado formando. O excesso de massa pode ser retirado facilmente e reutilizado.
  • Passar o cordão recheado no coco ralado seco, depois cortar em pedaços uniformes. E passa novamente as balas cortadas no coco ralado seco para não grudarem umas nas outras.
  • Repita o processo com o restante da massa
  • Pode ser consumida de imediato, mas se deixar secar forma uma leve casquinha por fora. Ainda continua macia. Armazenar em pote fechado,
  • se estiver muito quente pode ser colocado na geladeira.

Dicas

  • Adaptado: Rafael Barros da Opera Ganache
  • Bala não cozida: o sabor fica bem diferente, está mais para bala de açúcar com recheio do que bala de coco. O sabor de coco é bem sutil. Não recomendo colocar mais amido de milho, eu achei que fica com sabor de amido cru.
Você fez a receita?Marca @PratoFundo ou tag #pratofundo no Instagram!

Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Cientista e Cozinheiro que juntou duas paixões Ciência e Comida: a melhor combinação que existe! Diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.

4 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Olá
    Como fazer o recheio de brigadeiro de maracuja?
    ELe talha..
    tem algum jeito?
    obrigada

  2. 5 stars
    Obrigada pela receita e sinceridade. Sou bala de coco raiz, e essa bala de coco “Nutella” que andam falando, com amido, estava me deixando confusa, pois sempre imagino o gosto e a textura do amido na bala e fico sem coragem de fazer isso. Resumindo, linda mas ordinária, bala de coco mesmo é a tradicional que dá um trabalhão. Ufa! Rs

  3. Bom dia na sua receita não vai maizena,pois ate hoje sempre vi com maizena,da diferencia se não usar a maizana?quero fazer para vender,,,obrigada

    1. Eu falei sobre isso no texto, dá uma lidinha com atenção :)