Como se usar: Fava de Baunilha

Por em

Como Usar Fava de Baunilha por PratoFundo.com

Ah, baunilha verdadeira! Nada comparável, esqueça as imitações artificiais. O sabor único, pungente e facilmente reconhecido de longe.

Não é a primeira vez que ela se torna o foco, já falei em: Fava de Baunilha, dando uma visão mais pontual do que ela é.

Agora que já sabemos o quê é, quais seriam os outros usos dela, além do usual cortar ao meio e raspar as sementes?

Baunilha

Depois de uma compra excessiva (bom, depende do ponto de vista) e mesmo antes, utilizo as favas para fazer extrato de baunilha em casa. Percebam a vasta seleção que reside na minha cozinha:

Baunilha

Cada uma das garrafas possuem tempos e concentrações diferentes. Para a extração uso vodka como veículo alcóolico para remover todo o aroma e sabor que essas belezas da natureza possuem.

É bom lembrar, não tenho ideia se o método pode ser feito do ponto de vista da segurança. Faço já faz alguns bons anos, até hoje não aconteceu nada. Mas isso não quer dizer lá muita coisa, só para deixar avisado.

Os extratos mais fracos uso para repor os mais concentrados a medida que vou usando, praticamente o mesmo processo de solera feita na produção do Xerez, heheheh. E deixo para completar com mais vodka pura justamente os mais novos.

Adoraria usar vodka russa, mas o preço é quase proibitivo para esse fim. Então, optei por uma nacional. Essa mesma que começa com S.

Para que exista uma boa extração não mexo nas garrafas por alguns bons meses, no mínimo, dois. A garrafona do meio irá completar quase 6 meses. Mexer no sentido de usar o extrato, mas de tempos em tempos é sempre bom dar uma sacudida nelas para homogeneizar bem o líquido. Sempre guardando em lugar escuro e não muito quente.

O ideal é usar fava nova para ter um extrato mais encorpado. Porém, como a baunilha tem um aroma forte que impregna em tudo, logo, é possível reutilizar aquela usada para fazer um Crème Pâtissière ou Sorvete de Baunilha.

A quantidade de fava por líquido é: quanto mais, melhor. Caso fosse um extrato industrial seguindo as normas do FDA (U.S. Food and Drug Administration), deve ser composto por 100g de fava de baunilha por 1L de líquido (não menos que 35% álcool). Adaptei as medidas para o sistema métrico. [CITE: 21CFR169.3; 21CFR169.175]

Baunilha

Dando uma boa lavada para retirar os sólidos do líquido da infusão e secando. Pode ir para o vidro do extrato (mais fraco). Não me olhe assim, é um ingrediente com alto valor agregado, então, usar totalmente é primordial.

Outra opção é fazer o verdadeiro açúcar baunilhado que não poderia ser mais simples possível: colocar a fava dentro do vidro de açúcar e deixar o tempo agir.

Baunilha

Durante a pesquisa para o artigo me deparei com o vídeo abaixo do Chow com uma dica bem bacana de como remover a parte interna da fava de uma maneira não muito usual. Mas que funciona muito bem, já testei.

É bem simples, cortar uma das extremidades da fava colocar num vidro com tampa e usar algum líquido alcóolico (no vídeo foi rum). Funciona com vodka, foi o que usei. Então, deixar por 2 semanas para que a fava seja hidratada e voilà.

Já a segunda dica é transformar em pó de baunilha. Só não recomendaria usar o moedor de café ou nenhum outro que tenha aromas fortes. O pó pode ficar com o gosto do aroma e/ou o moedor pode ficar impregnado com aroma de baunilha.


Inscreva-se no canal do PratoFundo

Compartilhe!

Você ajuda o site ao comprar por estes links:
SubmarinoWalmartShoptimeExtraAmericanasPontoFrioSaraivaLivraria CulturaFnacSephora

Confira outras ofertas e promoções na XEPA!

Após 600 dias os comentários são fechados automaticamente. Qualquer coisa, entre em contato.

17 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Sem Avatar Adriana Sanchez:

    Uau!!! Que legal saber disso! Aonde compro aqui em São Paulo?
    Super grata por compartilhar esta preciosa informação!
    Bjão

  2. Sem Avatar Debora Dutra:

    Oi Vitor,
    Será que dá certo usar o liquidificador para fazer a baunilha em pó? Importamos algumas favas de baunilha – que estão prisioneiras do correio :-( – porque aqui em Brasília é impossível achar por menos de R$20 a fava, isso se acharmos para comprar. Já ouvi falar da baunilha do cerrado, mas ninguém sabe onde comprar, nem o que é. Estou começando a achar que essa baunilha é lenda. rsrsrs
    Bjs

    1. Acho que no liquidificador não deve ficar muito bom, é grande demais. Essa do cerrado, se for igual a que conheço, parece uma banana de tão grande, heheheh

  3. Como usar fava de baunilha http://t.co/i8P8bnPG @pratofundo

  4. Sem Avatar Renata:

    Adorei seu post, super completo! Não é de hj que tenho vontade de fazer meu proprio extrato de baunilha e agora vc me encorajou. Fiz algo parecido há um tempo atrás, peguei uma garrafinha de rum (dessas de bolso), coloquei la dentro favas de baunilha, casca de canela e 3 cravinhos. Ficou bom!

  5. Oi Vitor,

    Essa idéia é ótima. Já fiz algumas vezes e funcionou super bem. E bem mais barato que comprar o extrato.
    Eu compro as favas desse site : http://www.topvanilla.com/index.html. Elas chegam embaladas a vácuo e bem mais barato que nas lojas especializadas.
    Adoro seu site e suas dicas. Abraços.

  6. Cara, sempre adoro a sua sessao de como fazer. Como a da farinha de amendoas para fazer macarron que até citei no meu blog.

    Grande abraço


    Matheus

  7. Olá Vitor,
    Adorei sua pesquisa. O post ficou super legal e muito completo.
    Eu quase caí para trás com o lance do sistema métrico. Mais perfeito impossível!
    Meus parabéns e muito obrigada por compartilhar tudo isso conosco :)
    Um abraço,
    Queila

  8. Sem Avatar Cristiane:

    Oi Vitor,

    Parabéns pelo seu post, as dicas são muito úteis!
    Para extrair as sementes de baunilha pelo método exposto, devemos deixá-las totalmente mergulhadas na vodka ou apenas a extremidade deverá estar mergulhada no líquido?
    Achei fantástico!
    Você tem alguma dica de como devemos conservar a polpa da baunilha após extraí-las ou devemos utilizá-las imediatamente?
    Muito Obrigada pela sua atenção.
    Um abraço.
    Cristiane

    1. Como o video mostra, líquido suficiente para cobrir a extremidade cortada. Não sei, fiz e usei na hora. Não acho que seja bom armazenar, baunilha tem muitos compostos voláteis que se perderiam.

  9. Adoro o aroma disso.

  10. Sem Avatar alessandra:

    E aqueles extratos que parecem ter textura de mel que a gente vê o pessoal da tevê usando, vc sabe como faz? Esse com vodka pareceu ótimo, assim que possível farei.
    :)

    1. Alessandra, se for o que estou pensado… isso que descreveu é a pasta de baunilha. Nunca vi nenhum post dos gringos falando sobre como fazer em casa, deve até ser possível, mas nunca tentei.

  11. Sem Avatar kesia:

    vc me venderia o extrato por quanto?

  12. Sem Avatar Luciane Pinto:

    Fica aqui um link que encontrei com a receita da pasta também. O extrato já faço há algum tempo e recomendo, e a pasta vai ser para a semana. Espero ter ajudado.

  13. Sem Avatar Lila Farias:

    Oi Vitor! Adorei o post! Pra fazer o acucar, devemos usar a fava inteira, com miolo e seca? Obrigada!

    1. Se for fava nova (sem ser usada) é abrir, raspas e misturar com o açúcar e deixar a fava dentro dele. Se for já usada é bom que esteja seca, digo, sem umidade.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Extrato de Baunilha — Prato Fundo

    […] como base o Como Usar Fava de Baunilha, temos mais uma sugestão de prendas para o fim de […]

  2. Ingredientes: Fava de Baunilha | PratoFundo

    […] Como Usar Fava de Baunilha […]

«

»