Testamos: Bolo de Cenoura de Caixinha (Dona Benta vs. Fleischmann)

Não é de hoje que existem diversas opções de misturas pré-prontas no mercado. Resolvi testar um super comum: mistura de bolo. Mas não qualquer sabor, tinha que ser Bolo de Cenoura.

Colagem com as embalagem das misturas de bolo de cenoura da dona benta e fleischmann.

Bolo de cenoura é uma daquelas receitas que toda pessoa já comeu e tem grandes chances de que tem a sua própria receita, não é?

Por isso mesmo resolvi começar esta nova série do canal (não esqueça de se inscrever). É uma ideia que estava cozinhando em banho-maria, pois é esse tipo de vídeo-teste é super comum lá fora e confabulando com os PratoFunders, ela chegou!

Para essa nova modalidade, vamos começar com uma receita que é a cara do Brasil. Apesar de outros países também terem bolo de cenoura, o nosso é diferente (Leia: Carrot Cake, bolo de cenoura americano).

Conheça os competidores: Dona Benta e Fleischmann

Por questões de tempo, custo e logística: o teste foi realizado com dois concorrentes – no caso, marcas diferentes – com produtos com o mesmo sabor.

Na hora de escolher os competidores, tinha já listado a Fleischmann e outra empresa. Mas ao olhar a receita, percebi que utilizava a mistura para bolo. Enquanto, a outra usava cenouras mesmo.

Não precisa ser muito inteligente para saber logo de cara que o bolo feito com cenoura fresca vai ser melhor, né? Então, optei por escolher outra marca que também tivesse mistura no seu catálogo de produtos.

E quem é que não conhece Dona Benta, não é mesmo? Uma das marcas de farinha de trigo mais tradicionais que existem e que nos últimos anos aumentou a oferta de produtos dentro da sua linha.

Eu TESTEI Bolo de Cenoura de CAIXINHA: DONA BENTA vs. FLEISCHMANN | PratoFundo

Como foi realizado o teste

Para o preparo das receitas, segui algumas regras:

  • Seguir a risca as instruções da embalagem, mesmo que eu visse que alguma coisa poderia dar errado.
  • Se pedia para usar xícaras para medir os ingredientes, usei xícaras.

Porém, me dei a liberdade de usar qualquer marca quanto aos outros ingredientes usados, como óleo, leite e ovo. No caso dos bolos, todos os ingredientes adicionados eram da mesma marca e foram separados da mesma embalagem.

Eu assei no mesmo forno e ao mesmo tempo, usei a mesma marca de forma para eles. Tiveram o mesmo tempo de descanso e para esfriarem. A cobertura de chocolate foi uma receita minha e não a indicada pelos fabricantes, e experimentei os dois no mesmo dia.

Dona Benta: Bolo de Cenoura

A mistura da Dona Benta tem peso maior sendo de 450g e custou r$5,89. E dentre os ingredientes adicionais para fazer o bolo, também precisa de mais óleo e leite. Por isso, o bolo pronto ficou maior que a versão da Fleischmann.

Embalagem da Dona Benta Bolo de Cenoura, mostrando as instruções de preparo.

As instruções para o preparo são relativamente claras e com um tamanho bom das letras (só quem precisa de óculos entende esse detalhe hahahah). A única sugestão seria deixar a ordem os ingredientes a mesma na parte do pré-preparo e no modo de preparo, geralmente, a ordem que aparece listado devem ser a mesma para facilitar para o usuário.

Apesar de ser um bolo de cenoura não poderia faltar a cobertura de chocolate, não é mesmo? A embalagem tem um sugestão com os ingredientes e o modo de preparo dela de maneira fácil.

Em tempo: para ficar igual nos dois bolos, usei uma cobertura de chocolate minha mesmo.

Um detalhe que chamou atenção que eu deveria ter previsto, mas não tinha imaginado, tem corante urucum para deixar com uma coloração mais intensa o bolo.

Fatia de bolo de cenoura feito com mistura de bolo da dona benta.

Na foto e no vídeo não captou direito a cor do bolo, mas ele fica mais alaranjado do que amarelo. Um tom não tão próximo do bolo de cenoura que estamos acostumado. É um bolo mais seco do que molhado.

O sabor… lembrar cenoura até lembra, mas tem um sabor residual estranho de fundo. A única relação que consigo fazer é: cenoura verde. Ou melhor, o talho da cenoura. Um sabor verde, herbáceo, sabe?

Apesar disso, fora de contexto e sem saber como foi feito, acredito que ele seria consumido sem nenhuma pergunta.

Fleischmann: Mistura para Bolo de Cenoura

Bolo de cenoura feito com a mistura de bolo da Fleischmann com cobertura de chocolate sobre um prato e em fundo branco.

A mistura da Fleischmann vem menos com 390g e custou r$5,39. E também usar os mesmos ingredientes adicionais que a Dona Benta, porém leite e óleo em menor quantidade. Por isso, o bolo pronto ficou menor que a versão da Dona Benta.

Embalagem da mistura de bolo de cenoura da Fleischmann na parte de trás mostrando o modo de preparo.

Particularmente, achei a diagramação das instruções de preparo mais confusas que da Dona Benta. Acredito que quiseram dar mais espaço (literalmente) para o QR na embalagem, logo, as outras informações ficaram com menos… espaço.

Diferente da Dona Benta, não traz uma sugestão de cobertura de chocolate diretamente. Para tal, é necessário acessar o QR code, ou seja, mais uma etapa. Tenho lá minhas dúvidas que tenha sido uma escolha boa.

O tamanho das letras poderia ser maior, para facilitar a leitura. E alterar a estrutura do modo de preparo, pois a etapa de untar e polvilhar a forma é pedida no meio do preparo, e não lista a ordem dos ingredientes. Geralmente, é legal listar a ordem que os ingredientes entram na receita para deixar mais claro.

Fatia de bolo de cenoura feito com mistura de bolo da Fleischmann.

A mistura também fazer uso de corante, e no caso é betacaroteno sintético. O resultado final ficou mais próximo daquele amarelo de um bolo de cenoura feito com cenoura mesmo. A intensidade da cor é menor comparado com o bolo da Dona Benta.

Quanto ao sabor… ele é suave. Tecnicamente, bolo de cenoura não tem um sabor muito proeminente. Porém, também achei que tinha um fundo herbáceo de fundo. Achei que poderia ser influência do outro bolo, mas consumindo o bolo depois, ele permaneceu também.

E da mesma maneira que a versão da Dona Benta, este também seria consumido sem problema algum.

Para mim, o melhor dos dois mundo seria: o tamanho e volume da Dona Benta com o sabor da Fleischmann.

Agradecimentos

Gostaria de agradecer os apoiadores PratoFunders: com este apoio consigo me dedicar para escrever textos mais completos e detalhados como este. Saiba como você pode fazer parte: Apoie o PratoFundo!

Você lendo o PratoFundo: site totalmente independente sobre comida possível com receitas para o dia a dia, ocasiões especiais, e associado a Ciência de Alimentos. Gostou do nosso conteúdo? Você pode ajudar, APOIE O PRATOFUNDO!
Artigo por: Oi, Eu sou o Vitor Hugo!

Farmacêutico, Produtor Gastronômico e Comunicador de Ciência de Alimento. Uma combinação diferente, né? Vem saber mais…

Deixe um comentário

Por causa das mudanças de privacidade feitas na Comunidade Europeia, o seu comentário não irá aparecer imediatamente, caso a opção de salvar os dados não for marcada.

Seu email não será publicado. *Campos obrigatórios.