Creme de Leite bate Chantilly da Piracanjuba

Por em

[Video: Creme de Leite UHT para Chantilly da Piracanjuba]

Fazia muito, mas muito tempo que eu estava na procura e queria muito testar essa versão de creme de leite UHT que vira chantilly ao ser batido.

A ideia original era fazer o comparativo junto com o Nestilly (da Nestlé) e Chanty Mix (da Amélia). Mas na época do testes, eu ainda não tinha encontrado o produto da Piracanjuba.

Desde que soube da existência dele, fiquei atrás para comprar. Cheguei a entrar em contato pelo SAC da empresa para saber onde vendida, naquela época a distribuição era bem restrita (mais de 3 anos atrás). E mesmo em São Paulo, nunca tinha visto.

Até que numa dessas ida num mercado local aqui no interior do Paraná, encontrei o dito cujo. Fiquei mais empolgado do que o necessário, confesso.

Chantilly UHT?

Creme de Leite bate Chantilly Piracanjuba por PratoFundo.com

Bom, ele é um creme de leite UHT (ultra high temperature, em inglês). Ou seja, passou por tratamento térmico para conservação e pode ficar em temperatura ambiente quando fechado. Como todo creme de leite UHT.

A diferença crucial que o separa dos outros cremes de leites, seja de caixa ou lata, é a quantidade de gordura.

Nos últimos anos, o que temos vistos é uma redução no teor de gordura nesse tipo de creme de leite, não é mesmo? Eu ainda não consigo entender o conceito de creme de leite light com apenas 12-15% gordura (spoiler alert: creme de leite é gordura do leite, tudo fica mais untuoso justamente por causa da gordura).

Para virar chantilly, o creme de leite precisa ter pelo menos 35% gordura. E esta versão tem justamente isso! Ele vira chantilly ao ser batido, será?

Temperatura ambiente

Isso muita bastante coisa! Pensa poder ter creme de leite que vira chantilly e não precisar em se preocupar se vai estragar em dois pulos. A validade de um produto UHT e um apenas pasteurizado são diferentes. Este quando fechado tem uma vida de prateleira de 6 meses, sem precisar de refrigeração. Além do manejo no transporte e armazenamento ficarem um pouco mais fáceis (caminhão refrigerado é caro).

E considerando o Brasil: é um país grande e tropical. A logística para levar produtos refrigerados que estragam relativamente fácil é um ponto a ser levado em consideração. Antes de levantar a bandeira da “comida de verdade” (em tempo, não gosto do termo), nem todo mundo possui as mesmas opções, ok?

Por exemplo, onde eu moro, praticamente qualquer mercadinho tem creme de leite pasteurizado (vulgo fresco). E aqui a situação é mais “periogosa” por ser as versões com maior teor de gordura, tudo acima do 42-45%.

Virou Chantilly?

Creme de Leite bate Chantilly Piracanjuba por PratoFundo.com

Pelo menos, no meu teste, ele se transformou em chantilly conforme as instruções do fabricante. No começo do processo, admito que fique com receio de não dar certo. Por causa da minha má experiência com o Nestilly.

Estava ficando igual ao Nestilly, ou seja, não queria montar. Mas ainda estava dentro do tempo que a embalagem indicava, continuei batendo. Então, por volta dos 6 minutos, o creme de leite montou e virou chantilly em ponto firme. Quase virou manteiga, pois continuei batendo para ter certeza que estava firme mesmo, se tivesse virado seria um positivo. Indica que possui gordura mesmo.

Quando eu realizei o teste, o dia estava relativamente frio (18-22ºC) e a caixinha ficou bem mais de 12 horas na geladeira. Já tinha deixado na geladeira desde o dia que comprei, a temperatura do creme estava entre 2,5-3ºC. A batedeira usada tem uma potência de 250W (Batedeira kMix Manual).

Como disse antes, estou acostumado com creme de leite com alto teor de gordura (acima de 42-45%). Sinto uma diferença no teor de gordura, porém não chega a ser um ponto tão ruim assim. Geralmente, o produto será usado como ingrediente em preparações, não será necessariamente consumido sozinho. Bom, quer dizer… poder até pode.

Creme de Leite bate Chantilly Piracanjuba por PratoFundo.com

Aproveitei para testar montar o creme no sifão de chantilly (Garrafa de Chantilly). Assim como o Nestilly e Amélia, o sifão também conseguiu aerar o creme e transformá-lo na espuma que o chantilly é.

E os aditivos?

Eles são a grande diferença entre a versão da Nestlé e da Piracanjuba. O Nestilly não pode ser chamado de creme de leite UHT por ter aditivos diferentes do que a legislação de creme de leite UHT lista. Assim, ele se torna outro produto.

A Piracanjuba usa goma carragena (geralmente é extraída de algas vermelhas), goma alfarroba (normalmente vem da alfarrobeira, pode ser chamada de jataí ou locusta), e citrato de sódio (sal ácido proveniente do ácido cítrico) que são permitidos.

Isso até que não muda muita coisa para mim, pois os cremes de leite pasteurizados (frescos) que tenho acesso por terem mais de 45% podem ter (e tem) aditivos pela legislação. Saiba mais: Ingredientes: Creme de Leite.

Creme de Leite Bate Chantilly Piracanjuba

Creme de Leite bate Chantilly Piracanjuba por PratoFundo.com

Marca: Piracanjuba
Origem: Brasil
Preço: r$3,99
Embalagem: 200g
Calorias por 100g: 320kcal
Ranking: não entra nessa categoria, eu diria. Cumpre o prometido e usaria como alternativa ao creme de leite pasteurizado (fresco).

Creme de Leite bate Chantilly Piracanjuba por PratoFundo.com

Pontos negativos:

  • Preço: não é necessariamente barato quando se compara com o creme de leite pasteurizado (vulgo fresco), porém está na mesma faixa do creme vegetal para chantilly.
  • Distribuição: é bem difícil de encontrar o produto, estava atrás dele desde 2015.
  • Sifão: a espuma formada é instável. Deve ser usada imediatamente, logo, o uso se restringe para as bebidas / pratos servidos e consumidos na hora. Não é um ponto negativo necessariamente, esta característica é inerente do método usado.
  • Sensorial / Mouthfeel: apesar do sabor ser bom, é perceptível uma untuosidade mais delicada por ter menos gordura que a maioria dos creme de leite pasteurizados para chantilly. Não chega a ser um ponto tão negativo assim dependendo da receita.

Pontos positivos:

  • Não ser adoçado: não tem açúcar nenhum, assim é mais versátil e pode ser usado em qualquer receita.
  • É creme de leite: apesar de ter aditivos, é basicamente creme de leite, ou seja, gordura do leite. O que reflete no sabor e na cor, é levemente amarelado.
  • Sabor de creme de leite: meio óbvio, mas tem sabor já conhecido de creme de leite de caixinha que já estamos acostumados. Apesar de ter menos gordura (do que eu estou acostumado), numa preparação não vai ser tão perceptível assim.
  • Facilidade de uso: montou em chantilly como o fabricante indica nas instruções.
  • Sifão: conseguiu se montar sem problema na garrafa de chantilly (cartucho de óxido nitroso).
  • Temperatura ambiente: poder ser armazenado e transportado em temperatura ambiente, ou melhor, sem refrigeração quando fechado facilita bastante.
Creme de Leite bate Chantilly Piracanjuba por PratoFundo.com Creme de Leite bate Chantilly Piracanjuba por PratoFundo.com

Bibliografia

Compre pelos links abaixo. O valor não muda e você ajuda o PratoFundo:
SubmarinoWalmartShoptimeExtraAmericanasPontoFrioSaraivaLivraria CulturaFnacSephora

Confira outras ofertas e promoções na XEPA!

Vamos comentar? :D

5 Comentários (Deixe o seu!)
  1. Será que consegue fermentar pra tentar fazer um Crème fraîche?

    1. Se tiver as bactérias certas e as condições ideais, provavelmente sim! /o/

      1. Se encontrar aqui em Recife, vou tentar :D

  2. Sem Avatar Solange Lemos:

    Achei outro dia no supermercado, e fiquei imensamente feliz (aqui em Salvador é a coisa mais rara do universo, o creme de leite fresco)! Agora mais feliz, por você já ter provado e aprovado! :D

  3. Sem Avatar Tadeu:

    Não tenho conseguido fazer no sifão.
    Fica mole e logo desmonta como se derretesse. Não funcionou pra mim.

«

»